Subsídios apoiam projetos fotográficos

Fotógrafas que se identificam como mulheres e não binários podem se inscrever para uma bolsa.

O subsídio #ShowUs, patrocinado por Getty Images, Dove e Girlgaze, fornece apoio financeiro e orientação a fotógrafas que estão comprometidas em representar mulheres de forma autêntica em fotografia e videografia.

Duas bolsas de US$5.000 serão fornecidas. As propostas devem representar o tema liderança. Entre possíveis ideias estão uma mãe ensinando sua filha, amiga guiando amiga e mulheres em ambientes de liderança profissional.

As candidatas devem apresentar um resumo em palavra da proposta do projeto, uma pequena biografia e portfólio. A inscrição deve ser em inglês.

As inscrições vão até 29 de abril.

Infos: https://abre.ai/cvt6

Fundo convida propostas de reportagem

Jornalistas e organizações de mídia independentes podem concorrer a uma bolsa de reportagem.

O Amazonia Rainforest Journalism Fund (RJF), uma iniciativa do Pulitzer Center, oferece bolsas de até US$5.000 para pautas sobre a destruição da Amazônia em tempos de pandemia.

Os projetos associados à imprensa local e jornalistas indígenas, quilombolas, ribeirinhos e outras comunidades tradicionais ou locais terão prioridade, assim como propostas que incluam pelo menos uma carta de compromisso de uma organização de mídia nacional ou regional.

As inscrições podem ser enviadas em espanhol, português ou inglês.

As inscrições vão até 15 de abril.

Infos: https://abre.ai/cutV

Concurso da ONU convida vídeos de jovens

Jovens cineastas de até 25 anos interessados ​​em migração, diversidade e inclusão social podem participar de uma competição da ONU.

Plural + é um festival de vídeo de jovens patrocinado pela United Nations Alliance of Civilizations (UNAOC) e a International Organization for Migration (IOM).

Os vídeos devem ter menos de 5 minutos de duração, incluir legendas em inglês e ser produzidos após 31 de dezembro de 2018.

Há três categorias com base na idade, bem como o Prêmio Especial para a Prevenção da Xenofobia, o Prêmio #forSafeWorship e o Prêmio de Solidariedade durante a COVID-19.

Os vencedores receberão uma viagem com todas as despesas pagas para participar do Festival e Cerimônia de Premiação PLURAL + no final de 2021 em local a ser anunciado.

As inscrições vão até 18 de junho.

Infos: https://abre.ai/cut5

Curso Estado de Jornalismo aceita candidatos

Jornalistas graduados em 2018, 2019 e 2020 podem se inscrever para o 31º Curso Estado de Jornalismo, a ser realizado online entre 17 de maio e 13 de agosto.

O programa de treinamento, oferecido pelo Grupo Estado e Universidade de Navarra, é composto por uma parte teórica para complementar a formação acadêmica dos alunos e as práticas jornalísticas, que também serão realizadas online.

Há 30 vagas disponíveis. O processo seletivo incluirá práticas jornalísticas.

As inscrições vão até 20 de abril.

Infos: https://abre.ai/cuuo

Bolsas disponíveis para reportagem ambiental

Jornalistas latino-americanos com experiência em reportagem investigativa e cobertura de questões ambientais podem se inscrever.

A Earth Journalism Network (EJN), em parceria com o Wilson Center, oferecerá bolsas para projetos de jornalismo que explorem como a diplomacia internacional está moldando a política ambiental na região.

Os candidatos devem apresentar um projeto com um orçamento detalhado. A EJN está particularmente interessada em histórias sobre degradação ambiental relacionada a indústrias extrativas, desmatamento, pesca ilegal e não regulamentada e mais.

Entre os possíveis tópicos estão o poder político das indústrias extrativas locais, os riscos enfrentados por ativistas/defensores ambientais na região e o impacto ambiental das cadeias de abastecimento que facilitam a exportação de produtos da América Latina para a Europa, Estados Unidos, China e outros lugares.

A EJN concederá pelo menos quatro subsídios com um orçamento médio de US$1.500. Os projetos devem ser entregues até setembro.

As inscrições vão até 14 de abril.

Infos: https://abre.ai/ctdS

Centro Pulitzer custeia reportagem internacional

Jornalistas interessados em reportagem sobre crises podem concorrer a um fundo de viagem de US$5.000. Os candidatos devem viver fora dos Estados Unidos e Europe Ocidental.

A Bolsa Persephone Miel, oferecida pelo Pulitzer Center on Crisis Reporting em consulta com o Internews, financiará um projeto de reportagem com foco em uma crise global pouco coberta pela imprensa americana tradicional.

O fundo visa ajudar um jornalista cujo idioma nativo não seja o inglês a alcançar o público internacional.

As bolsas estão abertas a jornalistas, escritores, fotógrafos, produtores de rádio ou cineastas; jornalistas empregados, bem como freelancers e profissionais de mídia que estão procurando reportar de seu país de origem.

Mulheres são encorajadas a se inscrever. Os candidatos devem ter domínio do inglês.

As inscrições vão até 23 de abril.

Infos: https://abre.ai/crXa

Prêmio brasileiro de reportagens

Jornalistas profissionais podem competir por este prêmio brasileiro.

O Prêmio Rede ILPF de Jornalismo reconhece trabalhos jornalísticos sobre sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF).

O tema deste ano é “Com a ILPF, produzir e preservar é possível”.

Os trabalhos devem ter sido veiculados entre 1º de agosto de 2019 e 15 de maio de 2021 em TVs, jornais, revistas, rádios, sites, blogs e plataformas de áudio e vídeo sob demanda.

Os vencedores de cada uma de cinco categorias receberão uma press trip a uma das 16 Unidades de Referência Tecnológica (URT) ou uma das 12 Unidades de Referência Tecnológica e de Pesquisa (URTP).

As inscrições vão até 15 de maio.

Infos: https://abre.ai/crXu

Concurso premia cobertura de saúde na América Latina

Jornalistas de imprensa, TV e vídeo que vivem na América Latina e cobriram questões de saúde em 2019 e 2020 estão convidados a competir.

Os Laboratórios Roche na América Latina e a Fundação Gabriel García Márquez para um Novo Jornalismo Ibero-Americano (FNPI, em espanhol) organizam a nona edição do Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde.

O prêmio será entregue em três categorias: jornalismo escrito, jornalismo audiovisual e cobertura diária. Há também menções honrosas sobre acesso a saúde, jornalismo de soluções e cobertura jornalística da COVID-19.

Os vencedores receberão uma bolsa de até US$5.000 para participar de uma formação de jornalismo

As inscrições vão até 9 de junho.

Infos: https://premiorochedeperiodismo.com/pt-br/

Subsídios para projeto visual de perspectiva feminina e não binária

Fotógrafos, jornalistas visuais, videógrafos, ilustradores, artistas 3D e escritores podem se inscrever neste programa.

A Shutterstock lançou o The Create Fund, um programa de bolsas que oferece apoio a artistas com foco na diversidade, inclusão, justiça social e consciência ambiental.

A iniciativa está aceitando projetos com o tema “Através dos Olhos”, que celebra a perspectiva feminina e de não binários.

Os projetos selecionados receberão US$5.000 para o primeiro lugar e US$2.500 para o segundo e terceiro lugares.

As inscrições vão até 22 de abril.

Infos:  https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScoWjaYA9lY0XRD7SuzH-FSUWQhK447d_rzlmRCWUuj3s4SMQ/viewform

Festival de documentários convida inscrições

Documentaristas de todo o mundo são convidados a apresentar seus trabalhos para um concurso internacional de cinema na Rússia.

O International Documentary Film Festival Flahertiana aceita inscrições para seu concurso de 2021. O festival, nomeado em homenagem ao cineasta americano Robert J. Flaherty, será realizado de 17 a 23 de setembro, em Perm, na Rússia.

As inscrições devem refletir o estilo de documentário de Robert Flaherty e seu filme “Nanook do Norte”. Os filmes em outros idiomas além do inglês devem incluir legendas em inglês. Todos os filmes devem ter sido lançados após 1° de janeiro de 2020.

O vencedor do prêmio de melhor documentário receberá RUB250.000 (US$3,395). Os vencedores do prêmio melhor assunto e prêmio de melhor solução artística receberão RUB75.000 (US$1.018) cada.

Devido às restrições da COVID-19, o festival pode será realizado online.

As inscrições vão até 10 de maio.

Infos: https://tinyurl.com/ybd226wz

Prêmio CNBB de comunicação abre inscrições

Jornalistas, produtores, cineastas e estudantes de jornalismo e comunicação com trabalhos no Brasil sobre valores humanos cristãos e éticos podem concorrer aos Prêmios de Comunicação da CNBB.

Organizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a competição visa estabelecer um diálogo entre a informação e cultura com o olhar atento dos profissionais de comunicação que se empenham em retratar o que acontece na sociedade, seja através de denúncias ou omissões da realidade brasileira ou por meio de exemplos da capacidade de construir o bem comum.

Os trabalhos devem ter sido publicados ou transmitidos em 2019 e 2020.

A premiação consiste no troféu Margarida de Prata para obras de cinema; o Microfone de Prata para rádio; Clara de Assis, televisão; Dom Helder Câmara, impresso; e Dom Luciano Mendes de Almeida, internet; Pastoral “Kerigma”, para ações desenvolvidas pelas equipes da Pastoral da Comunicação; e prêmio “Papa Francisco,  pesquisadores em comunicação; além da menção honrosa “irmã Doroty Stang”.

Os vencedores terão as despesas pagas para participar da premiação em Brasília se a pandemia permitir.

As inscrições vão até 23 de maio.

Infos: https://tinyurl.com/y867cq7z

Prêmios de jornalismo científico

Jornalistas que cobriram ciência podem participar deste concurso.

A União Geofísica Americana (AGU, em inglês) oferece três prêmios de jornalismo científico.

O Prêmio David Perlman de Excelência em Jornalismo Científico – Notícias busca notícias sobre ciência espacial e da Terra, geralmente produzidos sob pressão de prazo de uma semana ou menos.

O Prêmio Walter Sullivan de Excelência em Jornalismo Científico – Reportagens busca matérias mais longas, geralmente produzidas com prazos de até uma semana, que explicam os antecedentes de descobertas ou princípios científicos.

O Prêmio Robert C. Cowen para Realizações em Jornalismo Científico é concedido a jornalistas que fizeram contribuições significativas, duradouras, notáveis e consistentes para o jornalismo científico espacial. Auto-nomeações são aceitas.

Os artigos de notícias e matérias devem ter sido publicados ou transmitidos em 2020. As inscrições devem ser em inglês ou incluir uma tradução em inglês.

Todos os vencedores receberão uma viagem para participar do Encontro de Outono da AGU e mais. Os vencedores dos prêmios de notícias e matérias longas também receberão US$5.000.

As inscrições vão até 15 de abril.

Infos: https://tinyurl.com/y8etmgcf

Concurso apoia reportagens e biografias

Autores de não-ficção original e inédita podem concorrer a este prêmio.

A editora todavia organiza a segunda edição de um prêmio de não ficção para celebrar projetos de biografias e reportagens sobre temas e trajetórias relevantes aos leitores brasileiros.

Os interessados devem uma sinopse e uma amostra do livro com no mínimo 160.000 caracteres, além da data estimada para conclusão da obra.

O vencedor receberá um contrato de publicação do livro, incluindo um adiantamento de R$15.000.

As inscrições vão até 23 de abril.

Infos: https://tinyurl.com/y326nvxj

Concurso reconhece fotos de vida selvagem

Fotógrafos de todo o mundo podem participar deste concurso.

O Concurso de Fotografia Tartaruga de Ouro, um projeto da Fundação Equator, convida fotos do mundo todo.

As categorias incluem foto documental, novas tecnologias em fotografia da vida selvagem, fotógrafo do ano e mais.

Os idiomas oficiais da competição são russo e inglês.

Os vencedores de cada categoria receberão US$1.000. O fotógrafo do ano levará US$2.000.

As inscrições vão até 28 de fevereiro.

Infos: https://tinyurl.com/y47kdt5m

Centro Stanley aceita propostas de pautas

Jornalistas, fotógrafos e autores escritores independentes podem se inscrever neste projeto.

O Centro Stanley para Paz e Segurança busca conteúdo multimídia sobre a pandemia do coronavírus e os fatores de risco e resistência à violência em massa e atrocidades.

O projeto aceita artigos investigativos ou comentários em inglês, de preferência entre 800 e 1.500 palavras. Os ensaios fotográficos não precisam seguir esses requisitos de palavras.

As propostas devem usar a Estrutura de Análise de Crimes de Atrocidade da ONU e os cinco fatores de Alex Bellamy para fortalecer a resiliência como lentes de análise.

Jornalistas de regiões ou grupos pouco representados são incentivados a se inscrever. Os artigos serão pagos.

As inscrições estão abertas.

Infos: https://tinyurl.com/yxj5mgse

Curso gratuito de inglês para jornalistas

Qualquer pessoa pode se inscrever neste curso.

A Universidade da Pensilvânia oferece o curso online “Inglês para jornalismo” a partir de 24 de agosto pela Coursera.

O curso de cinco unidades foi elaborado pelo Departamento de Estado dos EUA para falantes não nativos do inglês interessados em desenvolver as habilidades necessárias para o jornalismo.

Os participantes irão explorar a mídia impressa e digital por meio de leituras e palestras em vídeo, enquanto expandem seu vocabulário e aumentam sua habilidade de ler, pesquisar e desenvolver notícias locais e globais.

O curso pode ser realizado no ritmo do aluno. O tempo total estimado é de 42 horas.

As inscrições estão abertas.

Infos: https://tinyurl.com/yyy4e32n

Google Notícias apresenta treinamento online

Qualquer pessoa pode acessar esse treinamento online em vários idiomas.

A Iniciativa do Google Notícias (GNI, em inglês) oferece uma série de vídeos sobre como encontrar, verificar e contar notícias online liderados pela rede global de bolsistas do Google News Lab.

Os tópicos incluem como usar o Google Earth e outras ferramentas do Google, análise de público, reportagem ambiental, design thinking, inovação e mais.

Os vídeos estão disponíveis no canal GNI no YouTube. As aulas são ministradas em inglês, francês, espanhol, português, italiano, alemão, polonês, holandês, árabe, turco, chinês, japonês, coreano e malaio.

O canal também apresenta webinars e outros eventos.

Info: https://tinyurl.com/y32ks8wj

9 sites que oferecem curso de marketing digital grátis e online

Curso de Marketing Digital para Empreendedores do Sebrae

O curso é direcionado ao microempreendedor que precisa ter noções de marketing digital para melhorar seu negócio. Não oferece certificado.

Acesse em:  https://tinyurl.com/y2art8v5

 

Fundamentos do Marketing Digital – Google

O curso apresenta um panorama geral da área e das ferramentas de marketing digital do Google.

Acesse em: https://tinyurl.com/y4njrsfs

Continue lendo

Fundo mundial para mulheres jornalistas

Mulheres jornalistas de todas as nacionalidades podem concorrer a uma bolsa.

A International Women’s Media Foundation (IWMF) está aceitando inscrições para o Fundo Buffett G. Howard, que visa apoiar mulheres jornalistas em seus projetos e empreendimentos.

Os valores das bolsas dependerão da proposta e da inclusão de um orçamento detalhado. Devido à pandemia de COVID-19, o Fundo não apoiará mais projetos ou oportunidades de desenvolvimento profissional com qualquer componente de viagem.

Possíveis projetos incluem expor questões globais críticas; desafiar narrativas tradicionais de mídia; desenvolver competências e fortalecer carreiras; treinamentos e oportunidades de liderança; e lançamento de novos projetos empresariais ou adquirir a habilidade de fazê-lo.

As candidatas devem ter três ou mais anos de experiência em jornalismo profissional. Equipes de jornalistas podem concorrer; no entanto, a inscrição deve ser feita por uma mulher jornalista e sua equipe deve incluir pelo menos 50 por cento de mulheres.

Os pedidos são aceitos continuamente durante o ano.

Infos: https://tinyurl.com/y7rey7ss

Cursos sobre verificação e conteúdo durante pandemia

Jornalistas que reportam a pandemia do COVID-19 podem acessar este curso on-line.

A Fundação Thomson lançou mais dois cursos, além do curso “Reportagem sobre COVID-19: Segurança”. Os cursos estão disponíveis em espanhol, árabe, francês, ucraniano e russo.

“Reporting on COVID-19: Verification”, criado com apoio do First Draft,  apresenta técnicas e ferramentas para ajudar a identificar informações falsas e publicar contas verificadas.

“Covering COVID-19 – Content Creation” visa ajudar jornalistas a enfrentar os desafios éticos e práticos necessários para cobrir a pandemia, incluindo a terminologia. O curso foi criado em colaboração com a International Federation of Journalists (IFJ), Dart Centre Europe, Ethical Journalism Network e Free Press Unlimited (FPU).

Ambos os cursos são autodirigidos e podem ser realizados a qualquer momento.

A inscrição é gratuita.

Infos: https://tinyurl.com/y7s4lsdr

Bolsas disponíveis para estudos de mídia na Alemanha

Jovens profissionais de países em desenvolvimento podem solicitar uma bolsa para estudar na Alemanha.

O Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD, em alemão) apoia estudos de pós-graduação e treinamento em uma variedade de assuntos, incluindo estudos de mídia.

As instituições que oferecem estudos de mídia incluem a Universidade Leipzig, Universidade Bauhaus Weimar e Universidade de Ciências Aplicadas de Colônia.

Os candidatos devem ter completado seu diploma universitário nos últimos seis anos e ter pelo menos dois anos de experiência profissional relacionada.

O prazo varia por universidade.

Infos: https://tinyurl.com/yd7qdlpn

Artistas contra #Infodemia convida projetos

Jornalistas visuais podem enviar trabalhos sobre as principais mensagens de saúde pública em resposta à pandemia de COVID-19.

O CatchLight, Dysturb e The Everyday Projectss estão aceitando produções de arte visual e storytelling como parte da iniciativa Artists Against an #Infodemic [Artistas contra uma #Infodemia].

A colaboração visa melhorar a comunicação pública e a divulgação de notícias em torno da COVID-19, principalmente em comunidades menos favorecidas.

As inscrições serão aceitas em inglês, espanhol e francês. Os criadores dos visuais selecionados receberão US$500 e seu trabalho será apresentado na campanha global da iniciativa.

As inscrições serão analisadas continuamente.

Infos: https://tinyurl.com/y9moe34k

Curso online e gratuito do Google

Introdução ao machine learning é o nome do curso online e gratuito

Iniciativa do Google voltada a jornalistas de todo o mundo está disponível em 17 idiomas, incluindo o português

Além do recém-lançado Introdução ao Machine Learning, o Google News Initiative tem outros cursos online e gratuitos. Em comunicado à imprensa, a própria empresa destaca quatro:

Jornalismo de Dados

Reportagem Investigativa

Publicação e Monetização

Jornalismo Ambiental

Serviço

Curso para jornalistas Introdução ao Machine Learning

Online

Investimento?

Nenhum – 100% online

Como participar?

A lista completa dos treinamentos está disponível no site do Google News Initiative.

Inscrições disponíveis na página do Google News Initiative: https://tinyurl.com/y989pjfb

Google lança treinamento para jornalistas

Qualquer pessoa pode acessar este curso online gratuito disponível em 17 idiomas, incluindo português.

A Google News Initiative oferece o curso “Introdução ao machine learning”, coproduzido pela Journalism AI na London School of Economics and Political Sciences em colaboração com a VRT News.

O curso é dividido em oito lições cobrindo o potencial do aprendizado de máquina para jornalistas. O tempo estimado para concluir o curso é de 54 minutos.

Outros cursos do Google focam em tópicos como fundamentos para repórteres digitais, storytelling com o Google Earth, jornalismo ambiental, verificação, proteção e segurança, storytelling multimídia, jornalismo de dados, reportagem investigativa, publicação e monetização.

Os cursos podem ser realizados a qualquer hora.

Infos: https://tinyurl.com/y989pjfb

Treinamento online gratuito de Jornalismo

Qualquer pessoa pode acessar este treinamento online gratuito.

A Escola de Jornalismo da Énois desenvolveu módulos de treinamento de jornalismo como parte de sua Caixa de Ferramentas.

A Caixa de Ferramenta é organizada em curso introdutório, técnicas jornalísticas e técnicas de grupo. Todas as atividades podem ser realizados ao longo de um ano.

Os materiais foram originalmente destinados a instituições ou equipes educadoras que queiram criar um projeto jornalístico para jovens de culturas e territórios periféricos.

Não é necessário inscrição. Todo material está disponível online.

Infos: https://tinyurl.com/yakdl3hc

Festival do Minuto oferece curso de vídeo online

Qualquer pessoa pode acessar este curso online gratuito em português.

O Festival do Minuto apresenta uma série de módulos sobre noções básicas de audiovisual com foco no Formato Minuto.

O curso é dividido em vários em vídeos curtos, incluindo introdução e exercícios baseados nos vídeos minutos do Festival. Os instrutores são o criador e curador do Festival do Minuto, Marcelo Masagão e pela educadora e cineasta Moira Toledo.

Não é necessário inscrição. Todos os vídeos estão disponíveis a qualquer hora no canal de YouTube do Festival do Minuto: https://tinyurl.com/whgc24b

Fundo convida pautas sobre COVID-19

Jornalistas que querem cobrir o pandemia de coronavírus em suas comunidades podem concorrer a este fundo.

A National Geographic lançou o Fundo de Emergência COVID-19 para Jornalistas.

O fundo varia de US$1.000 a US$8.000 para cobertura local da preparação, resposta e impacto da pandemia global de coronavírus.

As propostas devem enfatizar a entrega de notícias a populações carentes, principalmente quando há escassez de informações baseadas em evidências para aqueles que mais precisam. Há um interesse grande em modelos de distribuição local e até hiper-local.

As inscrições serão analisadas de forma contínua. Todos os materiais devem estar em inglês.

Infos: https://tinyurl.com/tye2nl4

Subsídio para reportagem sobre coronavírus

Jornalistas podem enviar propostas  de abordagens inovadoras para reportar sobre a crise do novo coronavírus.

O Centro Pulitzer lançou o Desafio de Colaboração Jornalística sobre Coronavírus.

As propostas devem envolver um esforço estratégico e orquestrado de vários jornalistas e/ou redações para realizaer um projeto de reportagem conjunto, aproveitando os recursos, experiência e plataformas de publicação.

A iniciativa de reportagem está especialmente interessada em propostas que se concentrem em questões sistêmicas e pouco reportadas subjacentes à crise do coronavírus, usem abordagens orientadas por dados e/ou interdisciplinares para reportagem sobre o coronavírus e promovem a prestação e contas dos poderosos.

Os beneficiários receberão entre US$5.000 e US$30.000.

As inscrições estão abertas e serão consideradas por ordem de chegada.

Infos: https://tinyurl.com/s89cppj

Bolsa para Jornalistas produzirem matéria sobre crises

Elegibilidade: as bolsas de Persephone Miel estão abertas a todos os jornalistas, escritores, fotógrafos, produtores de rádio ou cineastas, jornalistas de pessoal, freelancers e profissionais de mídia fora dos EUA que estão buscando relatórios de seu país de origem. As mulheres jornalistas e jornalistas de países em desenvolvimento são fortemente encorajados a candidatar-se. Os candidatos devem ser proficientes em inglês.

O Centro Pulitzer sobre Relatórios de Crise fornecerá uma concessão de viagem de US $ 5000 para um projeto de relatório sobre temas e regiões de importância global, com ênfase em questões que não foram relatadas ou subestimadas na mídia convencional.

Infos: https://goo.gl/GGc4PC

Curso de inglês para jornalistas

Qualquer um pode participar deste curso gratuito em seu próprio ritmo.

A Universidade da Califórnia, em Berkeley, oferece o MOOC (Curso Online Massivo e Aberto) “English for Journalists, part 2” através da plataforma edX. O curso é dividido em duas sessões de cinco semanas. A segunda sessão está disponível agora.

O curso foi desenvolvido pelo Departamento de Estado dos EUA e por outras organizações para falantes de inglês não-nativos que estão interessados em desenvolver as habilidades necessárias para o jornalismo. Os alunos devem dedicar de 3 a 4 horas por semana ao treinamento.

Entre os tópicos estão como melhorar o seu vocabulário e gramática inglesa para escrever matérias mais eficazes; como comunicar de forma mais eficaz com os outros em entrevistas e reportagens; e aprender diferentes estilos de escrita de notícias, incluindo humor, satírico, esportes e transmissão; e mais.

As inscrições estão abertas.

Para mais informações: https://www.edx.org/course/english-for-journalists-part-2-0

Cursos online grátis de idiomas em Cambridge

A Universidade Cambridge, da Inglaterra, oferece cursos online grátis de idiomas. Atualmente, as aulas gratuitas disponibilizadas são de alemão e mandarim.

Para começar, o interessado deve se cadastrar na plataforma de ensino Alison. Os cursos são livre, então o período de conclusão depende da disponibilidade de cada aluno. Os cursos são gratuitos, a única taxa que será cobrada é se houver a necessidade de um certificado.

Na língua germânica é possível cursar o básico, com noções da pronuncia do alfabeto e das palavras completas, números e saudações. Além disso, existem quatro tipos de aulas voltadas para conversação, nas quais os interessados aprendem a descrever sua família, profissão, marcar compromissos, entre outros temas.

Já nos cursos de língua chinesa, além dos mesmos temas abordados em alemão, existe um curso de primeiro contato com a língua e outras divisões para os de conversação – como usar meios de transportes, o que fazer no tempo livre e como reservar um hotel ou sair para um restaurante estão entre as opções.

Ao todo, são cinco cursos de alemão e sete de mandarim. É necessário, porém, ter conhecimento prévio em inglês, já que o site está todo nesta língua. Confira mais detalhes sobre os cursos em https://goo.gl/wS5XS7

Curso foca em projetos audiovisuais

Profissionais audiovisuais podem assistir a este curso online gratuito.

A ANCINE, em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), oferece o curso “Concepção de projetos audiovisuais e fontes de financiamento” através da plataforma Escola Virtual do Governo.

O curso é dividido em três módulos: visão geral do fomento, como estruturar o plano de financiamento do projeto e como apresentar um projeto na ANCINE.

Os participantes vão aprender sobre a concepção de projetos audiovisuais e fontes de financiamento.

A carga horária é de 20 horas. O curso deve ser concluído no prazo de 30 dias.

Infos: https://tinyurl.com/vh9wbph

9 cursos gratuitos online de francês

Sites, cursos online, canais no YouTube e aplicativos que auxiliam quem quer iniciar ou aprofundar seus conhecimentos na língua falada por mais de 270 milhões de pessoas:

Bonjour de France

Testes, exercícios e jogos para aprender francês, além de fichas pedagógicas preparadas por professores especializados.

Canal UniFrancês

Brasileiro que se mudou para a Bélgica ainda criança e criou o canal UniFrancês no YouTube, por onde ensina vocabulário, pronúncia e gramática. Conta com mais de 70 mil inscritos e vídeos separados por playlists.

Babbel

O aplicativo disponibiliza aulas para iniciantes e avançados, além de cursos para aprimorar os conhecimentos, vocabulário e gramática. Você pode salvar o progresso de cada lição para recomeçar de onde parou. Disponível para Android e iOS.

Memrise

O acesso à plataforma é feito por meio de um cadastro bem simples. Os módulos são criados por uma comunidade de usuários que oferecem focos diversos. como Francês para Brasileiros, Vocabulário Necessário, Preposições e Conjunções.

FrancêsZero

O site disponibiliza conteúdo gratuito em forma de podcasts, exercícios, música e módulos do básico ao intermediário.

BBC Languages French

O site disponibiliza exercícios, jogos, áudios, vídeos e outros materiais que compõem o curso online gratuito. Mas, trata-se de um site britânico, logo, você vai precisar de alguma familiaridade com o inglês.

Os franceses tomam banho!

Vídeos reunindos no Curso Básico de Francês no qual o aluno tem acesso a dicas e curiosidades sobre a cultura francesa.

Universidade do Texas

Mais um para você treinar o inglês enquanto aprende francês! A Texas University oferece, por meio da plataforma Alison, cursos online gratuitos para quem quer usar o idioma em diversas situações, como moda, restaurantes, trabalho e em casa.

Podcast Français Facile

Diálogos, textos, gramática, fonética e jogos, tudo isso é disponibilizado pelo site de forma inteiramente gratuita. O usuário tem acesso a vídeos e áudios em MP3 sobre temas variados que possibilitam o treino e memorização do idioma. Além disso, você pode praticar o conteúdo baixando os exercícios em PDF.

Fundo para Jornalistas independentes e documentaristas

Jornalistas independentes e documentaristas que focam em violações dos direitos humanos podem solicitar apoio financeiro.

O Forum Freelance Fund oferece a Bolsa Portenier de Direitos Humanos, patrocinada pela cineasta Giselle Portenier. Os candidatos devem demonstrar um claro interesse ou histórico em lançar luz sobre os abusos dos direitos humanos e planejar uma próxima tarefa ou projeto com um foco em direitos humanos.

O prêmio está aberto a freelancers em todo o mundo, experientes ou iniciantes. O vencedor receberá até CAD3.000 (US$2.335) para treinamento de segurança em ambientes perigosos do AKE, Columbia Journalism School, Centurion, 1st Options Security, Global Journalist Security, Pilgrims Group, Remote Trauma, Tundra Group ou TYR Solutions.

Mais informações: http://bit.ly/1XkF70q

MIS abre inscrições para cursos de fotografia e audiovisual

O Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo, está com inscrições abertas para mais de 15 cursos, com preços a partir de R$ 50, que serão realizados no primeiro semestre de 2020.

Entre as opções oferecidas estão aulas teóricas e práticas, de curta e média duração, sobre cinema, fotografia, história da arte, áudio, vídeo e novas mídias. Para complementar, o museu contará com exposições sobre grandes diretores do cinema mundial, como Federico Fellini e David Lynch.

No site da instituição é possível verificar a lista completa: https://www.mis-sp.org.br/cursos

Programa de comunicação busca mentores e redatores

Jornalistas ambientais iniciantes e experientes podem participar deste programa.

Ensia, uma revista sem fins lucrativos que se concentra nos desafios ambientais e soluções para um público global, está aceitando candidatos para o Programa Ensia de Mentoria.

O programa oferece a jornalistas a oportunidade de criar um artigo, vídeo, galeria de imagens, infografia ou outro trabalho sob a orientação de um comunicador experiente sobre um tema de sua escolha para a Ensia.

A matéria original deve estar em inglês, mas a Ensia aceita artigos publicados em outros idiomas se o jornalista quiser traduzi-lo.

Redatores e mentores recebem US$600 e US$400, respectivamente, por artigo.

As inscrições são aceitas de forma contínua.

Mais informações: https://goo.gl/3YJbv6

Curso online gratuito ensina marketing digital para rádio e TV

Curso online – e gratuito – está com inscrições abertas

O público-alvo do curso é quem deseja ingressar no mercado de rádio e TV. O conteúdo elaborado também é voltado para quem, mesmo dentro do mercado de trabalho, planeja se atualizar, aperfeiçoando suas habilidades de marketing e evoluindo no quesito gestão do negócio.

Infos e increição: http://www.sertsc.org.br/site/?p=7858

Cursos gratuitos para aprender a usar ferramentas de dados

Organizações da sociedade civil, jornalistas e cidadãos podem aprender a usar ferramentas para ler e analisar dados em português.

A Escola de Dados oferece módulos acessíveis sobre os princípios básicos de trabalhar com dados, como solicitar dados para reportagem, raspagem e extração de dados, e dados em PDF.

Não é necessário efetuar inscrição para acessar os materiais online.

Mais informações: https://goo.gl/k6MEFc