Comunicação – SP

  • Atendimento
  • Sênior
  • Experiência
  • Conhecimento e contato com jornalistas




Comunicação – SP

  • Duas vagas
  • Assessoria de imprensa
  • Produção de releases
  • Desenvolvimento e execução de planos de comunicação
  • Graduação completa em Jornalismo ou Relações Públicas




Comunicação – SP

  • 3 vagas
  • Google e Facebook Ads
  • Desenvolver o planejamento do projeto
  • Criação de conteúdo




Comunicação – SP

  • Analista
  • São Paulo
  • Criação de conteúdo
  • Redes sociais
  • Produção de pauta




Curso ensina estratégias de produto para jornalistas

Jornalistas interessados em gestão de produto podem fazer o curso online e gratuito “Estratégias de Produto para Jornalismo: Como alinhar editorial, público, negócios e tecnologia”.

O curso, oferecido pelo Knight Center, está disponível em português e em formato autodirigido.

Os estudantes vão aprender como desenvolver uma mentalidade de produto, identificar seu público, criar um roteiro de produto e entregar um produto final, com o objetivo de preparar jornalistas para criar e manter produtos jornalísticos sustentáveis.

Além das aulas, o conteúdo também inclui plano de estudos, entrevistas com convidados e leituras.

Infos: https://abre.ai/dwx0

Site dos EUA abre programa para jornalistas iniciantes

Jornalistas iniciantes podem desenvolver suas habilidades de reportagem se candidatando ao Protocol Fellowship.

Por seis meses, os selecionados vão se unir à equipe de jornalistas e editores experientes do Protocol, veículo especializado na cobertura das relações políticas e de poder do setor tecnológico.

A bolsa inclui atividades com um editor e um mentor da redação e outras oportunidades de desenvolvimento profissional. O programa é virtual e pode se transformar em uma oportunidade de emprego em tempo integral no Protocol.

As candidaturas são recebidas continuamente.

Infos: https://www.protocol.com/careers/protocol-fellow#toggle-gdpr

Reuters realiza curso online de jornalismo digital

Repórteres de todo o mundo podem se inscrever em curso de jornalismo digital.

A Reuters, em parceria com o Facebook Journalism Project, lançou o curso “Introdução ao Jornalismo Digital”, que tem aulas sobre apuração, verificação, mídias sociais e bem-estar digital.

O curso tem duração de duas horas e está disponível em inglês, indonésio, cingalês e tailandês. Após a conclusão, os participantes recebem um certificado.

O treinamento é auto-dirigido e pode ser feito a qualquer momento.

Infos: https://reutersdigitaljournalism.com/?l=en

Centro Pulitzer oferece subsídios para jornalismo de dados

Jornalistas de todo o mundo podem solicitar uma bolsa de jornalismo de dados.

O Pulitzer Center on Crisis Reporting aceita propostas de projetos projetos inovadores de jornalismo orientado a dados que destacam questões pouco cobertas.

O programa está especialmente interessado em propostas que fazem uso de técnicas avançadas de mineração de dados, como aprendizado de máquina, processamento de linguagem natural, bem como análise de dados espaciais, imagens de satélite, drones e sensores.

Três a cinco propostas serão selecionadas para receber um apoio financeiro.

As inscrições serão analisadas por ordem de chegada.

Infos: https://abre.ai/cLDG

Curso online de jornalismo de dados

Jornalistas e estudantes de jornalismo interessados em reportagem de dados podem participar deste curso.

A Trampos Academy oferece um curso de jornalismo de dados em 13 horas de aulas em vídeo.

O instrutor Gabriel Zanlorenssi, cientista de dados e editor-assistente de gráficos no Nexo Jornal, ensina a transformar pilhas de informações em gráficos, mapas e tabelas de visualizações de dados.

O curso pode ser feito no ritmo do aluno. Os participantes recebem certificado de conclusão.

As inscrições estão abertas. O custo é de R$180.

Infos: https://trampos.academy/jornalismo-dados-online

Mongabay busca pautas sobre bionergia

Jornalistas experientes podem se candidatar para uma oportunidade de reportagem paga.

A Mongabay está aceitando propostas de pauta para o Projeto de Reportagem Especial: Bioenergia.

A iniciativa visa examinar o tema bioenergia usando uma abordagem de jornalismo de soluções.

Entre os tópicos estão tecnologia de biocombustíveis, impactos socioambientais, soluções inovadoras de problemas, maus atores e muito mais.

As inscrições devem ser enviadas em inglês. As matérias devem ser publicadas até 30 de novembro.

As pautas serão considerados continuamente até o fundo terminar.

Infos: https://bit.ly/3rZW97N

Rory Peck Trust oferece subsídios para freelancers

Freelancers cuja principal fonte de renda vem do jornalismo podem se inscrever para essas bolsas.

O Rory Peck Trust está oferecendo três bolsas de assistência:

O Fundo Legal ajuda jornalistas a cobrir os custos e taxas relacionados a ações judiciais contra eles por causa de suas reportagens.

O Fundo de Assistência Geral apoia jornalistas freelance (e suas famílias) quando precisam de ajuda devido a crises diretamente relacionadas ao seu trabalho.

O Fundo de COVID-19 fornece suporte prático e financeiro para jornalistas freelance ativos cujo trabalho e meios de subsistência foram diretamente afetados pelo novo coronavírus.

O montante do subsídio varia de acordo com as circunstâncias do requerente.

Jornalistas da Rússia são incentivados a se inscrever.

As inscrições são aceitas continuamente, mas os fundos são limitados.

Infos: https://tinyurl.com/ydx77usv

Centro Stanley aceita propostas de pautas

Jornalistas, fotógrafos e autores escritores independentes podem se inscrever neste projeto.

O Centro Stanley para Paz e Segurança busca conteúdo multimídia sobre a pandemia do coronavírus e os fatores de risco e resistência à violência em massa e atrocidades.

O projeto aceita artigos investigativos ou comentários em inglês, de preferência entre 800 e 1.500 palavras. Os ensaios fotográficos não precisam seguir esses requisitos de palavras.

As propostas devem usar a Estrutura de Análise de Crimes de Atrocidade da ONU e os cinco fatores de Alex Bellamy para fortalecer a resiliência como lentes de análise.

Jornalistas de regiões ou grupos pouco representados são incentivados a se inscrever. Os artigos serão pagos.

As inscrições estão abertas.

Infos: https://tinyurl.com/yxj5mgse

Google Notícias apresenta treinamento online

Qualquer pessoa pode acessar esse treinamento online em vários idiomas.

A Iniciativa do Google Notícias (GNI, em inglês) oferece uma série de vídeos sobre como encontrar, verificar e contar notícias online liderados pela rede global de bolsistas do Google News Lab.

Os tópicos incluem como usar o Google Earth e outras ferramentas do Google, análise de público, reportagem ambiental, design thinking, inovação e mais.

Os vídeos estão disponíveis no canal GNI no YouTube. As aulas são ministradas em inglês, francês, espanhol, português, italiano, alemão, polonês, holandês, árabe, turco, chinês, japonês, coreano e malaio.

O canal também apresenta webinars e outros eventos.

Info: https://tinyurl.com/y32ks8wj

Fundo mundial para mulheres jornalistas

Mulheres jornalistas de todas as nacionalidades podem concorrer a uma bolsa.

A International Women’s Media Foundation (IWMF) está aceitando inscrições para o Fundo Buffett G. Howard, que visa apoiar mulheres jornalistas em seus projetos e empreendimentos.

Os valores das bolsas dependerão da proposta e da inclusão de um orçamento detalhado. Devido à pandemia de COVID-19, o Fundo não apoiará mais projetos ou oportunidades de desenvolvimento profissional com qualquer componente de viagem.

Possíveis projetos incluem expor questões globais críticas; desafiar narrativas tradicionais de mídia; desenvolver competências e fortalecer carreiras; treinamentos e oportunidades de liderança; e lançamento de novos projetos empresariais ou adquirir a habilidade de fazê-lo.

As candidatas devem ter três ou mais anos de experiência em jornalismo profissional. Equipes de jornalistas podem concorrer; no entanto, a inscrição deve ser feita por uma mulher jornalista e sua equipe deve incluir pelo menos 50 por cento de mulheres.

Os pedidos são aceitos continuamente durante o ano.

Infos: https://tinyurl.com/y7rey7ss

Cursos sobre verificação e conteúdo durante pandemia

Jornalistas que reportam a pandemia do COVID-19 podem acessar este curso on-line.

A Fundação Thomson lançou mais dois cursos, além do curso “Reportagem sobre COVID-19: Segurança”. Os cursos estão disponíveis em espanhol, árabe, francês, ucraniano e russo.

“Reporting on COVID-19: Verification”, criado com apoio do First Draft,  apresenta técnicas e ferramentas para ajudar a identificar informações falsas e publicar contas verificadas.

“Covering COVID-19 – Content Creation” visa ajudar jornalistas a enfrentar os desafios éticos e práticos necessários para cobrir a pandemia, incluindo a terminologia. O curso foi criado em colaboração com a International Federation of Journalists (IFJ), Dart Centre Europe, Ethical Journalism Network e Free Press Unlimited (FPU).

Ambos os cursos são autodirigidos e podem ser realizados a qualquer momento.

A inscrição é gratuita.

Infos: https://tinyurl.com/y7s4lsdr

Rede de professores de jornalismo empreendedor

Acadêmicos, pesquisadores e jornalistas que ensinam jornalismo empreendedor podem participar dessa iniciativa.

A SembraMedia apresenta a “Red de Profes” (Rede de Professores), um espaço de intercâmbio e colaboração entre acadêmicos, pesquisadores e jornalistas que ensinam jornalismo empreendedor em universidades latino-americanas.

Com o apoio da Google News Initiative, a Rede oferece um plano para ensinar jornalismo empreendedor e uma variedade de recursos que podem ser usados na sala de aula, incluindo livros e relatórios especializados.

Os interessados também podem participar do grupo no WhatsApp e Facebook

Infos: https://tinyurl.com/yalu9rs3

Bolsas disponíveis para estudos de mídia na Alemanha

Jovens profissionais de países em desenvolvimento podem solicitar uma bolsa para estudar na Alemanha.

O Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD, em alemão) apoia estudos de pós-graduação e treinamento em uma variedade de assuntos, incluindo estudos de mídia.

As instituições que oferecem estudos de mídia incluem a Universidade Leipzig, Universidade Bauhaus Weimar e Universidade de Ciências Aplicadas de Colônia.

Os candidatos devem ter completado seu diploma universitário nos últimos seis anos e ter pelo menos dois anos de experiência profissional relacionada.

O prazo varia por universidade.

Infos: https://tinyurl.com/yd7qdlpn

Google lança treinamento para jornalistas

Qualquer pessoa pode acessar este curso online gratuito disponível em 17 idiomas, incluindo português.

A Google News Initiative oferece o curso “Introdução ao machine learning”, coproduzido pela Journalism AI na London School of Economics and Political Sciences em colaboração com a VRT News.

O curso é dividido em oito lições cobrindo o potencial do aprendizado de máquina para jornalistas. O tempo estimado para concluir o curso é de 54 minutos.

Outros cursos do Google focam em tópicos como fundamentos para repórteres digitais, storytelling com o Google Earth, jornalismo ambiental, verificação, proteção e segurança, storytelling multimídia, jornalismo de dados, reportagem investigativa, publicação e monetização.

Os cursos podem ser realizados a qualquer hora.

Infos: https://tinyurl.com/y989pjfb

Treinamento online gratuito de Jornalismo

Qualquer pessoa pode acessar este treinamento online gratuito.

A Escola de Jornalismo da Énois desenvolveu módulos de treinamento de jornalismo como parte de sua Caixa de Ferramentas.

A Caixa de Ferramenta é organizada em curso introdutório, técnicas jornalísticas e técnicas de grupo. Todas as atividades podem ser realizados ao longo de um ano.

Os materiais foram originalmente destinados a instituições ou equipes educadoras que queiram criar um projeto jornalístico para jovens de culturas e territórios periféricos.

Não é necessário inscrição. Todo material está disponível online.

Infos: https://tinyurl.com/yakdl3hc

Festival do Minuto oferece curso de vídeo online

Qualquer pessoa pode acessar este curso online gratuito em português.

O Festival do Minuto apresenta uma série de módulos sobre noções básicas de audiovisual com foco no Formato Minuto.

O curso é dividido em vários em vídeos curtos, incluindo introdução e exercícios baseados nos vídeos minutos do Festival. Os instrutores são o criador e curador do Festival do Minuto, Marcelo Masagão e pela educadora e cineasta Moira Toledo.

Não é necessário inscrição. Todos os vídeos estão disponíveis a qualquer hora no canal de YouTube do Festival do Minuto: https://tinyurl.com/whgc24b

Fundo mundial disponível a mulheres jornalistas

Mulheres jornalistas de todas as nacionalidades podem concorrer a uma bolsa.

A International Women’s Media Foundation (IWMF) está aceitando inscrições para o Fundo Buffett G. Howard, que visa apoiar mulheres jornalistas em seus projetos e empreendimentos.

Possíveis projetos incluem expor questões globais críticas; desafiar narrativas tradicionais de mídia; desenvolver competências e fortalecer carreiras; treinamentos e oportunidades de liderança; e lançamento de novos projetos empresariais ou adquirir a habilidade de fazê-lo.

As candidatas devem ter três ou mais anos de experiência em jornalismo profissional. Equipes de jornalistas podem concorrer; no entanto, a inscrição deve ser feita por uma mulher jornalista e sua equipe deve incluir pelo menos 50 por cento de mulheres.

Os pedidos são aceitos continuamente a partir deste ano.

Infos: https://tinyurl.com/yxef2rs3

Bolsa para Jornalistas produzirem matéria sobre crises

Elegibilidade: as bolsas de Persephone Miel estão abertas a todos os jornalistas, escritores, fotógrafos, produtores de rádio ou cineastas, jornalistas de pessoal, freelancers e profissionais de mídia fora dos EUA que estão buscando relatórios de seu país de origem. As mulheres jornalistas e jornalistas de países em desenvolvimento são fortemente encorajados a candidatar-se. Os candidatos devem ser proficientes em inglês.

O Centro Pulitzer sobre Relatórios de Crise fornecerá uma concessão de viagem de US $ 5000 para um projeto de relatório sobre temas e regiões de importância global, com ênfase em questões que não foram relatadas ou subestimadas na mídia convencional.

Infos: https://goo.gl/GGc4PC

Curso de inglês para jornalistas

Qualquer um pode participar deste curso gratuito em seu próprio ritmo.

A Universidade da Califórnia, em Berkeley, oferece o MOOC (Curso Online Massivo e Aberto) “English for Journalists, part 2” através da plataforma edX. O curso é dividido em duas sessões de cinco semanas. A segunda sessão está disponível agora.

O curso foi desenvolvido pelo Departamento de Estado dos EUA e por outras organizações para falantes de inglês não-nativos que estão interessados em desenvolver as habilidades necessárias para o jornalismo. Os alunos devem dedicar de 3 a 4 horas por semana ao treinamento.

Entre os tópicos estão como melhorar o seu vocabulário e gramática inglesa para escrever matérias mais eficazes; como comunicar de forma mais eficaz com os outros em entrevistas e reportagens; e aprender diferentes estilos de escrita de notícias, incluindo humor, satírico, esportes e transmissão; e mais.

As inscrições estão abertas.

Para mais informações: https://www.edx.org/course/english-for-journalists-part-2-0

Curso foca em projetos audiovisuais

Profissionais audiovisuais podem assistir a este curso online gratuito.

A ANCINE, em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), oferece o curso “Concepção de projetos audiovisuais e fontes de financiamento” através da plataforma Escola Virtual do Governo.

O curso é dividido em três módulos: visão geral do fomento, como estruturar o plano de financiamento do projeto e como apresentar um projeto na ANCINE.

Os participantes vão aprender sobre a concepção de projetos audiovisuais e fontes de financiamento.

A carga horária é de 20 horas. O curso deve ser concluído no prazo de 30 dias.

Infos: https://tinyurl.com/vh9wbph

MIS abre inscrições para cursos de fotografia e audiovisual

O Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo, está com inscrições abertas para mais de 15 cursos, com preços a partir de R$ 50, que serão realizados no primeiro semestre de 2020.

Entre as opções oferecidas estão aulas teóricas e práticas, de curta e média duração, sobre cinema, fotografia, história da arte, áudio, vídeo e novas mídias. Para complementar, o museu contará com exposições sobre grandes diretores do cinema mundial, como Federico Fellini e David Lynch.

No site da instituição é possível verificar a lista completa: https://www.mis-sp.org.br/cursos

Programa de comunicação busca mentores e redatores

Jornalistas ambientais iniciantes e experientes podem participar deste programa.

Ensia, uma revista sem fins lucrativos que se concentra nos desafios ambientais e soluções para um público global, está aceitando candidatos para o Programa Ensia de Mentoria.

O programa oferece a jornalistas a oportunidade de criar um artigo, vídeo, galeria de imagens, infografia ou outro trabalho sob a orientação de um comunicador experiente sobre um tema de sua escolha para a Ensia.

A matéria original deve estar em inglês, mas a Ensia aceita artigos publicados em outros idiomas se o jornalista quiser traduzi-lo.

Redatores e mentores recebem US$600 e US$400, respectivamente, por artigo.

As inscrições são aceitas de forma contínua.

Mais informações: https://goo.gl/3YJbv6

Iniciativa de reportagem paga para Jornalistas

Jornalistas experientes podem concorrer a uma iniciativa de reportagem paga.

A Mongabay está produzindo duas iniciativas especiais de reportagem focadas na situação dos oceanos em todo o mundo, com foco na conservação marinha e na indústria pesqueira.

A iniciativa de reportagem sobre pescas na Indonésia focará na biodiversidade marinha do país, os métodos do seu setor de pesca e sobrepesca.

A iniciativa de reportagem “Sea Change” [mudança na maré ou mudança radical] examinará práticas, políticas e tecnologias inovadoras em conservação marinha e na indústria pesqueira.

As reportagens são pagas por palavra.

Infos: https://tinyurl.com/y6hvr5p2

Projetos editoriais de jornalismo investigativo

Jornalistas investigativos com cinco anos de experiência podem se candidatar a uma posição remota.

A Mongabay precisa de um editor de investigações. Ele ou ela pode ser baseado em qualquer lugar do mundo.

O jornalista sistematizará as atividades de jornalismo investigativo da Mongabay em todos os projetos editoriais, facilitará a colaboração em investigações internacionais e fortalecerá a capacidade da equipe e dos colaboradores da Mongabay para produzir reportagens investigativas de impacto.

Os candidatos devem ter fluência excepcional em inglês; conhecimento e familiaridade com temas de conservação e ambientais; experiência em um projeto colaborativo de jornalismo investigativo transfronteiriço; habilidades multimídia e familiaridade com o Microsoft Office, WordPress (ou similar), Google Drive, mídias sociais (Twitter/Facebook) e Asana (ou sistema similar de gerenciamento de projetos).

Candidate-se já: https://mongabay.org/?p=5398805

Curso de inglês gratuito para jornalistas

Qualquer um pode participar deste curso gratuito em seu próprio ritmo.

A Universidade da Califórnia, em Berkeley, oferece o MOOC (Curso Online Massivo e Aberto) “English for Journalists” através da plataforma edX. O curso é dividido em duas sessões de cinco semanas.

O curso foi desenvolvido pelo Departamento de Estado dos EUA e por outras organizações para falantes de inglês não-nativos que estão interessados em desenvolver as habilidades necessárias para o jornalismo. Os alunos devem dedicar de 3 a 4 horas por semana ao treinamento.

Entre os tópicos estão os problemas atuais enfrentados pelos jornalistas globalmente; como melhorar o seu vocabulário e gramática para escrever matérias mais eficazes em inglês; como comunicar de forma mais eficaz com os outros em entrevistas e reportagens; e questões de ética, igualdade e justiça aplicadas ao jornalismo.

As inscrições estão abertas.

Para mais informações: https://www.edx.org/course/english-for-journalists-part-1

Curso grátis de fotografia em Harvard

Se você trabalha, estuda ou tem interesse em fotografia, não perca essa oportunidade de incrementar os seus conhecimentos sem precisar sair de casa! A Universidade de Harvard, em parceria com a Alison.com, oferece um curso a distância grátis de fotografia, com duração de 10 a 15 horas.

O Curso

O curso aborda os principais temas sobre a fotografia digital, que incluem: configurações de exposição; leitura de histograma; trabalho de sensor da câmera; lentes da câmera; processamento de fotografia utilizando o software de computador, entre outros. Após a conclusão do curso, o aluno terá domínio sobre o funcionamento das câmeras digitais.

Os vídeos do cursos gratuitos de Harvard são disponibilizados pela Open Learning Initiative da Escola de Extensão Harvard. Os módulos do curso podem ser acessados através da página oficial: http://bit.ly/1Kx8UZr

Antes de realizar o primeiro acesso, o estudante deve se cadastrar aqui: http://bit.ly/1Kx91nD

O curso emite um certificado de conclusão para os estudantes que completarem todos os módulos e pontuarem 80% ou mais em cada uma das avaliações.

Curso gratuito de identificação de fake news

Objetivo de curso gratuito é fazer o público reconhecer quando se depara com uma fake news

O projeto Comprova disponibilizou um curso gratuito sobre checagem de conteúdo na internet. O treinamento dura uma hora e foi elaborado pela First Draft, organização ligada à Universidade Harvard.

Quem se interessar por aprender mais sobre técnicas de identificação de conteúdo falso acesse o site: www.firstdraftnews.org/learn

É possível escolher o idioma que prefere.

Organização aceita propostas de reportagem paga

Mongabay busca pautas sobre agroflorestamento

Jornalistas podem enviar propostas a uma iniciativa de reportagem paga.

A Mongabay Reporting Network está aceitando pautas sobre agroflorestamento.

A iniciativa produzirá uma série de matérias que buscam promover uma melhor compreensão da escala, alcance e impacto dos sistemas agroflorestais a níveis local a global, com especial ênfase na implementação por parte de povos indígenas.

As pautas devem estar em inglês e ter 500 palavras.

A organização irá negociar os valores e contratos por cada matéria.

Para mais informações: https://goo.gl/D6q9v6

Fundo para pautas de reportagem

Jornalistas experientes estão convidados a enviar pautas de reportagem em inglês.

O Projeto de Reportagem Especial da Mongabay está interessado em tecnologia de conservação.

A organização busca artigos que promovam uma melhor compreensão de como e onde a tecnologia está sendo usada para facilitar a pesquisa e a conservação da natureza.

As matérias devem ter de 800 a 1.800 palavras. Possíveis tópicos incluem usos de inteligência artificial/aprendizado de máquina que podem ser aplicados a projetos de pesquisa e conservação, sensores de coleta de dados, como câmeras, tags de rastreamento e dispositivos de monitoramento acústico.

O Mongabay negociará todas as taxas e contratos por matéria. Também oferecerá pequenos fundos para ajudar a custear viagens locais/regionais.

Não há prazo limite para envio de pautas.

Para mais informações: https://mongabay.org/?p=4972324

Portal oferece diversos cursos de jornalismo gratuitos

O portal Learncafe oferece vários cursos online gratuitos na área de jornalismo. Se você está procurando por cursos gratuitos com certificado é uma ótima opção. São diversos cursos de alta qualidade e com direito a certificado na conclusão do curso.

Para fazer os cursos basta se cadastrar gratuitamente e escolher o curso desejado, que ficará disponível para acesso a qualquer hora durante 30 dias.

Acesse o Learncafe e confira: https://goo.gl/mQiwfH

Fundo para Jornalistas documentaristas

Jornalistas documentaristas podem se inscrever para uma bolsa que varia de GBP5.000 a GBP50.000 (US$$6.236 a US$62,366).

O Bertha BRITDOC Fund for Journalism  é um fundo internacional de cinema dedicado a apoiar documentários de formato longo de natureza jornalística.

O fundo busca filmes que desvendam histórias, expõem injustiças e chamam a atenção para questões pouco reportadas e em regiões inéditas. Devido à natureza de investigação dos filmes, o fundo busca cineastas com experiência jornalística.

O fundo apóia pesquisa e desenvolvimento em profundidade, financiamento de produção de investigações longitudinais, suporte editorial de estrutura de documentário em formato longo, treinamento em ambientes hostis, transporte de emergência e aconselhamento jurídico.

O apoio é concedido continuamente ao longo do ano.

Para mais informações: https://goo.gl/fjPnHc