Programa de jornalismo nos EUA

Jornalistas com foco em ciência e meio ambiente e pelo menos três anos de experiência podem se candidatar a este programa.

O Programa Logan de Jornalismo de Ciência do Laboratório Biológico Marinho da Universidade de Chicago organiza duas oficinas intensivas para jornalistas interessados em aprender o básico do processo de pesquisa biomédica e ambiental em Woods Hole, Massachusetts.

O programa será realizado de 28 de maio a 7 de junho. O curso de pesquisa biomédica se destina a jornalistas de ciência e saúde, enquanto o curso de pesquisa ambiental é projetado para jornalistas ambientais.

A bolsa cobre as taxas do curso, alojamento, refeições e viagem.

As inscrições vão até 15 de fevereiro.

Infos: https://goo.gl/wWKiEh

Prêmio de coragem da mulher no fotojornalismo

Mulheres fotojornalistas que cobriram em ambientes perigosos podem ser nomeadas para um prêmio.

A  International Women’s Media Foundation (IWMF) está à procura de nomeações para o Prêmio Anja Niedringhaus de Coragem no Fotojornalismo, que faz homenagem à fotógrafa Anja Niedringhaus da Associated Press, morta no Afeganistão em abril de 2014.

O prêmio reconhece mulheres fotojornalistas cujos trabalhos refletem a coragem e dedicação de Anja e que demonstram extraordinária força de caráter, coragem e perseverança na documentação do mundo.

As nomeações devem incluir 12 fotografias que melhor representem o escopo e estilo de trabalho da candidata.

A vencedora receberá US$20.000 e seu trabalho será exibido na Residência do Embaixador da Alemanha em Washington.

Autonomeações serão aceitas. As inscrições vão até 1° de março.

Infos: https://goo.gl/oTjzfh

Prêmio International de Jornalismo

Jornalistas cujas reportagens ou inovações causaram impacto em suas comunidades podem ser nomeados para um prêmio.

O Centro Internacional para Jornalistas (ICFJ, em inglês) busca indicações para o Prêmio Knight International de Jornalismo.

Os prêmios homenageiam os jornalistas que, apesar de circunstâncias difíceis, produzem notícias ou inovações pioneiras que têm grande impacto na vida das pessoas no mundo em desenvolvimento.

Os indicados podem ser repórteres, editores, tecnólogos, gerentes de mídia, jornalistas cidadãos ou blogueiros que são e trabalham na África, Ásia, Europa Central/Oriental, América Latina, Caribe ou Oriente Médio.

O prêmio reflete a missão das Bolsas ICFJ-Knight, que criam e disseminam inovações para envolver melhor comunidades e melhorar vidas. O programa é apoiado pela Fundação John S. e James L. Knight e pela Fundação Bill & Melinda Gates.

Os vencedores serão homenageados no jantar de premiação do ICFJ em 7 de novembro  em Washington. Cada vencedor receberá um prêmio em dinheiro de US$10.000 e um troféu de cristal.

As inscrições vão até 22 de fevereiro.

Infos: https://goo.gl/FMm58R

Prêmio de jornalismo de dados

Jornalistas ou freelancers que trabalham para empresas de mídia e organizações sem fins lucrativos podem competir.

O Prêmio de Jornalismo de Dados (DJAs, em inglês), organizado pela Rede Global de Editores (GEN, em inglês) e patrocinado pelo Google News Lab, a John S. and James L. Knight Foundation e Microsoft, selecionará vencedores em 12 categorias.

As categorias são visualização de dados do ano, investigação do ano, aplicativo de dados de notícias do ano, site de jornalismo de dados do ano, melhor uso de dados em reportagem de última hora, premiação de dados abertos, melhor portfólio individual, melhor equipe de jornalismo de dados (redação grante), melhor equipe de jornalismo de dados (redação pequena), inovação em jornalismo de dados, estudante de jornalismo de dados do ano e escolha pública.

Os trabalhos devem ter sido publicadas ou transmitidas entre 26 de março de 2018 e 7 de abril de 2019. As inscrições em idiomas diferentes do inglês devem ser acompanhadas de uma tradução ao idioma.

Os vencedores receberão uma viagem para Atenas, na Grécia, e participarão do Global Editors Network  Summit e  da cerimônia dos Prêmios de Jornalismo de Dados em junho.

As inscrições vão até 7 de abril.

Infos: https://goo.gl/gcy1AH

Prêmio CNBB de comunicação

Jornalistas, produtores, cineastas e estudantes de jornalismo e comunicação com trabalhos no Brasil cujos objetivos coincidam com valores humanos cristãos e éticos podem concorrer aos Prêmios de Comunicação da CNBB.

Organizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a competição visa estabelecer um diálogo entre a informação e cultura com o olhar atento dos profissionais de comunicação que se empenham em retratar o que acontece na sociedade, seja através de denúncias ou omissões da realidade brasileira ou por meio de exemplos da capacidade de construir o bem comum.

Os trabalhos devem ter sido publicados ou transmitidos em 2018.

A premiação consiste no troféu Margarida de Prata para obras de cinema; o Microfone de Prata para rádio; Clara de Assis, televisão; Dom Helder Câmara, impresso; e Dom Luciano Mendes de Almeida, internet. Os vencedores terão as despesas pagas para participar da premiação em Aparecida, São Paulo.

As inscrições vão até 31 de janeiro de 2019 em http://premios.cnbb.org.br/

Prêmio Nippon de Jornalismo

Os jornalistas que se inscreverem no Prêmio Nippon de Jornalismo terão a oportunidade de conhecer o Templo Fushimi Inari.

Ele é o principal dos 40 mil templos do Japão dedicados a Inari, deusa do arroz e da prosperidade.

Se você é ou tem um amigo jornalista, dê esta dica a ele e tenha a oportunidade de conhecer o país do sol nascente!

Informações: http://www.premionippon.com.br/

Prêmio Synapsis de Jornalismo

Jornalistas profissionais podem concorrer a este prêmio.

O Prêmio Synapsis de Jornalismo, organizado pela Federação Brasileira de Hospitais (FBH), convida inscrições para sua terceira edição.

A competição oferece quatro prêmios nas categorias rádio, TV, impresso e internet a matérias que apontem de forma propositiva soluções, referências e reflexões para a melhoria da condição do sistema de saúde no Brasil.

Cada vencedor receberá R$10.000.

As inscrições vão até 30 de setembro.

Para mais informações: https://goo.gl/pm193k

Prêmio de liberdade de imprensa

Jornalistas que têm um forte compromisso com a liberdade de imprensa e informação independente podem competir por um prêmio.

A Free Press Unlimited, uma organização sem fins lucrativos com sede na Holanda, está aceitando indicações para seus prêmios de imprensa livre.

Os prêmios visam honrar jornalistas que arriscam tudo para trazer a notícia ao público, pioneiros da mídia que abrem o caminho para a igualdade e justiça e aqueles que perseveram nas circunstâncias mais difíceis.

As categorias são jornalista revelação do ano e mais resiliente jornalista do ano.

Os prêmios incluem uma bolsa de mídia para o emergente do ano e EUR15.000 (US$6.344) para o jornalista mais resiliente. Ambos vencedores receberão uma viagem com todas as despesas pagas para a Holanda.

As inscrições vão até 1° de agosto.

Para mais informações: https://goo.gl/1OdCNY