Prêmio Roche de jornalismo

Jornalistas brasileiros podem participar deste concurso.

Para reconhecer o talento e compromisso social de jornalistas latino-americanos, os Laboratórios Roche – América Latina, em colaboração com o Secretariado Técnico da Fundación Gabriel García Márquez para el Nuevo Periodismo Iberoamericano (FNPI), lançam a sexta edição do Prêmio Roche de Jornalismo de Saúde.

Os trabalhos devem ter sido publicados em 2017 nas categorias rádio e internet.

Jornalistas ou equipes de jornalistas podem enviar inscrições que se concentram em um dos seis temas principais: inovação em saúde, biotecnologia em saúde, acesso a cuidados de saúde, investigação e desenvolvimento nos temas de saúde, regulamentação e políticas públicas de saúde, e oncologia.

Os vencedores receberão uma bolsa para participar de um workshop da FNPI de sua escolha, ou poderão optar por participar do Festival do Prêmio Gabriel García Márquez de jornalismo, em Medellín, na Colômbia.

As inscrições vão até 4 de abril de 2018.

Para mais informação: https://goo.gl/7Z4pqQ

Prêmio de jornalismo ibero-americano

Jornalistas de economia podem concorrer ao Prêmio de Jornalismo Econômico Ibero-Americano.

Organizado pela IE Business School, o prêmio visa reconhecer os melhores trabalhos jornalísticos publicados na mídia (jornais, revistas, blogs, sites, rádio ou televisão) que disseminam a cultura econômica na sociedade. Nesta edição, será dada especial atenção às matérias sobre inovação e desenvolvimento.

Os trabalhos devem ter sido publicados em 2017 em espanhol ou português por um veículo de mídia baseado na América Latina.

O primeiro prêmio para o melhor trabalho jornalístico publicado em jornais e para o melhor trabalho jornalístico na imprensa não diária consistem em US$4.000 cada. Também serão entregues menções honrosas.

Os trabalhos devem ser enviados até 30 de janeiro de 2018.

Para mais informações: https://goo.gl/7ocrbT

Prêmio para profissionais da América Latina

Profissionais de mídia, pesquisadores e ativistas que residam na América Latina e são vinculados a um dos centros membros da Rede CLACSO são elegíveis.

O Prêmio Miroslava Breach “Sistemas de poder e violência contra jornalistas na América Latina” é uma iniciativa da revista Argumentos, do Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (CLACSO) e da Escola de Cultura e Comunicação da UMET.

O prêmio homenageia a jornalista mexicana Miroslava Breach, assassinada em 23 de março de 2017 em Chihuahua e, com ela, os centenas de jornalistas e comunicadores que perderam a vida na América Latina enquanto faziam seu trabalho. O prêmio também pretende ser um alerta para a impunidade que prevalece em uma região onde os crimes contra jornalistas raramente são investigados.

Os participantes podem apresentar textos individuais ou coletivos sobre jornalismo, violência e impunidade; formas de agressão contra a comunicação dos cidadãos e direitos de informação; interesses econômicos e políticos da mídia sobre o interesse social e o bem comum; e violência e o ensino da comunicação.

Os trabalhos vencedores serão publicados pela Revista Argumentos e os jornais La Jornada (México) ou Página 12 (Argentina), em formato impresso e digital e de acesso aberto.

As inscrições vão até é 27 de dezembro.

Para mais informações: https://goo.gl/CSCRZ9

Prêmio Nippon de Jornalismo

Jornalistas em Minas Gerais estão convidados a enviar matérias sobre a história do encontro dos japoneses com os brasileiros a este concurso.

O 1º Prêmio Nippon de Jornalismo, lançado pela 22 Graus Comunicação e Marketing Ltda, visa destacar trabalhos jornalísticos sobre os 60 anos do acordo Lanari-horikoshi e a importância da atividade da Nippon Steel & Sumitomo Metal na vida econômica, política, social e cultural de Minas Gerais.

As matérias deve ter sido publicadas entre 1° de janeiro de 2017 e 19 de janeiro de 2018.

O vencedor ganhará uma viagem ao Japão, com direito a um acompanhante.

As inscrições vão até 19 de janeiro de 2018.

Para mais informações: https://goo.gl/coqPbv

Prêmio de coragem da mulher no fotojornalismo

Mulheres fotojornalistas que cobriram em ambientes perigosos podem ser nomeadas para um prêmio.

A  International Women’s Media Foundation (IWMF) está à procura de nomeações para o Prêmio Anja Niedringhaus de Coragem no Fotojornalismo homenageando a fotógrafa Anja Niedringhaus da Associated Press, que foi morta no Afeganistão em abril de 2014.

O prêmio reconhece mulheres fotojornalistas cujos trabalhos refletem a coragem e dedicação de Anja e que exibem extraordinária força de caráter, coragem e perseverança na documentação do mundo.

As nomeações devem incluir 12 fotografias que melhor representem o escopo e estilo de trabalho da candidata.

Embora o idioma preferido para nomeações seja o inglês, inscrições em qualquer idioma serão consideradas.

Autonomeações serão aceitas. As inscrições vão até 19 de janeiro de 2018.

Para mais informações: https://goo.gl/ynvCXn

Prêmio de reportagens sobre empreendedorismo

Jornalistas com reportagens sobre startups, novos modelos de negócios e empreendedorismo digital podem concorrer a este prêmio.

O SESCAP-PR, com apoio do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná (Sindijor), organiza o 3º Prêmio SESCAP-PR de Jornalismo. O tema deste ano é “Criatividade empreendedora e a reinvenção dos negócios”.

As quatro categorias são: reportagem multimídia (impresso e digital); reportagem para rádio; reportagem para televisão e reportagem acadêmica.

Podem concorrer reportagens veiculadas na imprensa brasileira entre 1º de janeiro de 2017 a 31 de janeiro de 2018.

Os vencedores dos primeiro, segundo e terceiro lugares receberão R$5.000, R$2.500,00 e R$1.500, respectivamente, com exceção da categoria de reportagem acadêmica, que oferece R$1.500, R$1.000 e R$500.

As inscrições vão até 1º de fevereiro de 2018.

Para mais informações: https://goo.gl/aLZXQT

Prêmio sul-americano de reportagens

Jornalistas da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela podem participar desta competição.

O Escritório Regional da Organização Internacional para as Migrações (OIM) para a América do Sul anuncia o Prêmio Sul-Americano de Jornalismo: Migração com foco em Direitos Humanos.

O prêmio busca reconhecer e encorajar o trabalho de jornalistas de países sul-americanos que abordam a migração de uma perspectiva de gênero e contribuem para destacar seu impacto, conscientizar sobre seus problemas e promover a integração social.

Os trabalhos devem ter sido publicados ou transmitidos em plataformas tradicionais de mídia e/ou digital entre 1° de janeiro de 2016 e 31 de dezembro de 2017.

Um total de 10 vencedores (um por país) será escolhido. Cada vencedor viajará a Buenos Aires, com as despesas pagas, para receber uma estatueta na cerimônia de premiação. Além disso, durante a estadia em Buenos Aires, os vencedores poderão participar de um treinamento sobre cobertura jornalística de migração de uma abordagem de direitos humanos.

As inscrições vão até 20 de janeiro de 2018.

Para mais informações: https://goo.gl/tsA1BB

Prêmio CNBB de comunicação

Jornalistas, produtores, cineastas e estudantes de jornalismo e comunicação com trabalhos no Brasil cujos objetivos coincidam com valores humanos cristãos e éticos podem concorrer aos Prêmios de Comunicação da CNBB.

Organizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a competição visa estabelecer um diálogo entre a informação e cultura com o olhar atento dos profissionais de comunicação que se empenham em retratar o que acontece na sociedade, seja através de denúncias ou omissões da realidade brasileira ou por meio de exemplos da capacidade de construir o bem comum.

Os trabalhos devem ter sido publicados ou transmitidos em 2017.

A premiação consiste no troféu Margarida de Prata para obras de cinema; o Microfone de Prata para rádio; Clara de Assis, televisão; Dom Helder Câmara, impresso; e Dom Luciano Mendes de Almeida, internet. Os vencedores terão as despesas pagas para participar da premiação em Aparecida, São Paulo.

As inscrições vão até 31 de janeiro de 2018.

Para mais informações: https://goo.gl/yjoxoW

Prêmio Synapsis de Jornalismo

Jornalistas profissionais podem concorrer a este prêmio.

O Prêmio Synapsis de Jornalismo, organizado pela Federação Brasileira de Hospitais (FBH), convida inscrições para sua terceira edição.

A competição oferece quatro prêmios nas categorias rádio, TV, impresso e internet a matérias que apontem de forma propositiva soluções, referências e reflexões para a melhoria da condição do sistema de saúde no Brasil.

Cada vencedor receberá R$10.000.

As inscrições vão até 30 de setembro.

Para mais informações: https://goo.gl/pm193k

Prêmio de liberdade de imprensa

Jornalistas que têm um forte compromisso com a liberdade de imprensa e informação independente podem competir por um prêmio.

A Free Press Unlimited, uma organização sem fins lucrativos com sede na Holanda, está aceitando indicações para seus prêmios de imprensa livre.

Os prêmios visam honrar jornalistas que arriscam tudo para trazer a notícia ao público, pioneiros da mídia que abrem o caminho para a igualdade e justiça e aqueles que perseveram nas circunstâncias mais difíceis.

As categorias são jornalista revelação do ano e mais resiliente jornalista do ano.

Os prêmios incluem uma bolsa de mídia para o emergente do ano e EUR15.000 (US$6.344) para o jornalista mais resiliente. Ambos vencedores receberão uma viagem com todas as despesas pagas para a Holanda.

As inscrições vão até 1° de agosto.

Para mais informações: https://goo.gl/1OdCNY