Workshop para Jornalistas sobre crise venezuelana

Jornalistas com pelo menos três anos de experiência no Brasil, Colômbia, Equador, Chile, Peru e Argentina podem se inscrever para este treinamento em espanhol.

A Fundação Gabo e a ACNUR estão organizando o workshop “Refugiados e migrantes: como cobrir o caso venezuelano”, de 13 a 17 de abril em Medellín, Colômbia.

O treinamento oferecerá instrumentos conceituais e princípios éticos para produzir jornalismo de qualidade que não reforce os estigmas associados à migração, que compreenda e explique as causas, dimensões e implicações do êxodo venezuelano e que aplique metodologias e boas práticas que contribuam para o diálogo e interação construtiva entre refugiados, migrantes e sociedades anfitriãs.

Os candidatos selecionados devem pagar uma taxa de US$100 e receberão passagens aéreas, acomodações, alimentação e seguro médico. Além disso, três participantes serão selecionados para o laboratório de novas narrativas sobre refugiados e migrantes venezuelanos, que oferecerá até US$5.000 para produzir uma matéria investigativa sobre o tema.

As inscrições vão até 2 de março.

Infos: https://tinyurl.com/u3gtqy5

Seminário online de jornalismo regional

Qualquer pessoa pode assistir a este seminário online gratuito em português.

A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), em parceria com a Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná (AERP), oferece o evento EaD  “Jornalismo regional: dilemas e desafios contemporâneos”.

O convidado, o professor-doutor João Figueira, da Universidade de Coimbra, fala sobre a importância de descentralizar as informações, que ainda focam nos grandes centros.

Entre os tópicos, o seminário aborda os desafios do jornalismo em Portugal, as transformações no século 21, a reinvenção da rádio e os efeitos na mídia local.

O seminário pode ser acessado a qualquer hora.

Infos: https://tinyurl.com/y43ka7n2