National Geographic convida projetos jornalísticos

Jornalistas, conservacionistas, educadores e pesquisadores podem se candidatar a um subsídio.

A National Geographic Society aceita inscrições de propostas que documentem migrações humanas.

Os projetos devem examinar as causas e os efeitos de um ou mais exemplos da migração humana atual; documentar a vida dos migrantes de hoje, suas viagens e comunidades de acolhimento; ou desenvolver e testar recursos de sala de aula, currículos ou materiais de divulgação pública que visam aumentar a compreensão da experiência dos migrantes e a aceitação das comunidades migrantes.

O subsídio típico será inferior a US$30.000, mas os candidatos poderão solicitar até U$70.000.

As inscrições vão até 10 de julho.

Infos: https://tinyurl.com/y4qr2mvp

Bolsa para projetos de comunicação

Organizações de mídia independente, grupos cívicos e associações de todo o mundo podem concorrer a subsídios.

O National Endowment for Democracy (NED) busca propostas de organizações não-governamentais, incluindo meios de comunicação independentes em todo o mundo, para projetos que promovam objetivos democráticos e fortaleçam as instituições democráticas.

O NED incentiva candidaturas de organizações que trabalham em diversos ambientes, incluindo democracias recém-estabelecidas, países semi-autoritários, sociedades altamente repressivas e países em fase de transição democrática.

As subvenções variam de acordo com o tamanho e o escopo dos projetos, mas a subvenção média dura 12 meses e é cerca de US$50.000.

O NED está interessado em propostas de organizações não partidárias para programas que visam: promover e defender os direitos humanos e o Estado de direito, apoiar a liberdade de informação e meios de comunicação independentes, e promover a prestação de contas e transparência.

As inscrições vão até 21 de junho.

Infos: https://tinyurl.com/y3dd7ebc

Bolsa no Arizona para Jornalistas profissionais

Jornalistas profissionais com pelo menos sete anos de experiência podem se candidatar a este programa em Tempe, no Arizona.

A Universidade Estadual do Arizona busca candidatos para sua bolsa em ciência transdisciplinar. O foco deste ano é ciências da terra e do espaço.

O bolsista passará um mês participando de trabalhos de campo relacionados, workshops, conferências, reuniões e cursos.

Os candidatos devem ter um histórico comprovado de cobertura de ciência, tecnologia, meio ambiente ou medicina na mídia nacional ou internacional.

A bolsa oferece um estipêndio de US$8.000 e um orçamento para atividades e viagens.

As inscrições vão até 1° de julho.

Infos: https://tinyurl.com/y6a5z67l

Bolsa de jornalismo em Nova York

Jornalistas em meados de carreira interessados em reportar sobre mudanças climáticas podem se inscrever para este programa.

A Faculdade Craig Newmark de Pós-Graduação de Jornalismo da Universidade da Cidade de Nova York (CUNY) organiza a nova Bolsa de Jornalismo de Resiliência de 6 a 12 de julho em Nova York.

O programa se concentrará na ciência das mudanças climáticas e resiliência. Além do treinamento em sala de aula, os bolsistas irão passear de caiaque e andarão de bicicleta nas ruas da cidade, procurando soluções para alguns dos problemas ambientais mais difíceis do mundo.

Os bolsistas receberão hospedagem, viagem e inscrição, juntamente com a maioria das refeições.

As inscrições vão até 1° de junho.

Infos: https://tinyurl.com/y2sfwo9r

Bolsas para projetos de jovens fotojornalistas

Estudantes de período integral de fotografia e fotógrafos com menos de 24 anos podem concorrer a uma bolsa.

A bolsa Ian Parry busca ajudar jovens fotógrafos documentaristas a realizar um projeto e aumentar sua visibilidade na comunidade internacional de fotografia. O prêmio leva o nome do fotógrafo Ian Parry, que morreu em missão na Romênia aos 24 anos de idade.

O concurso deste ano conta com dois prêmios: o prêmio de realização e o prêmio para potencial. Cada vencedor receberá US$3.500, equipamento Canon de fotografia e mais.

A World Press Photo nomeia automaticamente o vencedor do prêmio de realização para a Joop Swart Masterclass em Amsterdam. O vencedor do prêmio para potencial receberá um ano de orientação de um fotojornalista veterano.

As inscrições vão até 5 de julho.

Infos: https://tinyurl.com/y6fk2g9d

Bolsa de reportagem  no Centro Pulitzer

Jornalistas de todo o mundo podem solicitar uma bolsa de reportagem.

O Pulitzer Center on Crisis Reporting está aceitando propostas de projetos jornalísticos baseados em dados relacionados a direitos da terra e patrimoniais.

O programa está especialment interessado em histórias baseadas em dados que usam dados espaciais, imagens de satélite, vídeos 360°, drones, sensores, visualizações de dados ou mapas/gráficos interativos.

Possíveis tópicos incluem novas perspectivas sobre questões de direitos patrimoniais relacionadas com a posse da terra, direitos de terras indígenas, transparência nas transações e concessões de terras, direitos de recursos ou a sobreposição de direitos de uso da terra.

Três a cinco propostas serão selecionadas para receber um subsídio.

As inscrições vão até 31 de maio.

Infos: https://tinyurl.com/yxdegww6

Financiamento e consultoria para startups de mídia

Startups de notícias na América Latina podem solicitar financiamento e consultoria especializada.

O Centro Internacional para Jornalistas (ICFJ, em inglês) e a SembraMedia, com apoio financeiro da Luminate, lançaram o Velocidad.

Este programa acelerador investirá US$1,5 milhão em startups de mídia promissoras na América Latina e acelerará seus esforços para se tornarem negócios prósperos.

Os candidatos devem ser mídias nativas digitais, independentes, que produzem conteúdo de interesse público em espanhol ou português há mais de seis meses antes da data final de inscrição.

O processo de seleção consiste em três rodadas. Um total de 75 veículos de comunicação digital avançará na primeira rodada, 25 semifinalistas continuarão na segunda, e oito a 10 serão escolhidos para receber investimentos.

Todos os semifinalistas receberão um relatório com orientações e uma bolsa de estudos para acesso total à escola online da SembraMedia. Os finalistas terão acesso contínuo a métricas de audiência detalhadas, graças a uma parceria com o Chartbeat.

As inscrições vão até 1° de julho.

Infos: https://www.velocidad.fund/pt-br/

Bolsas de viagem disponíveis para Jornalistas e blogueiros

Jornalistas e blogueiros interessados em avançar seus conhecimentos de ciências podem solicitar uma bolsa para participar de uma conferência na Alemanha.

A Fundação Falling Walls organiza a Conferência Falling Walls em 8 e 9 de novembro em Berlim.

A bolsa de ciências para jornalistas inclui viagem, hospedagem por três noites, refeições e taxas de conferência.

O organizador também oferece a bolsa Berlin Science Week, que não cobre passagem aérea. Os bolsistas também participam da Conferência Failling Walls.

Os candidatos a ambas as bolsas devem ter pelo menos três anos de jornalismo profissional ou experiência em blogs nos quais tenham escrito sobre ciência.

As inscrições vão até 30 de junho.

Infos: https://falling-walls.com/fellowships/science-fellowship

Bolsas de reportagem para Jornalistas

Jornalistas podem solicitar subsídios de até US$5.000 para apoiar histórias sobre diversidade global.

A Sociedade de Jornalistas Ambientais (SEJ, em inglês), baseada dos Estados Unidos, concede subsídios para reportagens de serviço público sobre o meio ambiente.

As propostas devem ser em inglês e se concentrar em questões de biodiversidade e desafios enfrentados por comunidades em todo o mundo. Os fundos podem cobrir estipêndios e despesas, como viagens, produção multimídia, tradução e mais.

Tanto membros como não membros da SEJ podem solicitar os subsídios, desde que seu trabalho esteja dentro do campo do jornalismo. Não membros devem pagar uma taxa de inscrição de US$40.

As inscrições vão até 15 de maio.

Infos: https://www.sej.org/node/4569

Fundação Magnum seleciona bolsistas de fotografia

Recém-formados e fotógrafos iniciantes podem se candidatar a este programa em Nova York.

A Fundação Magnum está aceitando candidatos para sua bolsa da fotografia

O programa de seis semanas, de fevereiro a abril de 2019, permite a bolsistas produzir um projeto detalhado que demonstra um compromisso com questões sociais e com o trabalho comunitário na cidade.

Os bolsistas recebem uma bolsa total de US$6.000 e orientação.

Os candidatos devem ter experiência em pelo menos uma das seguintes áreas: produção de vídeo, design gráfico, tecnologia emergente e pesquisa.

As inscrições vão até 4 de janeiro de 2019.

Infos: https://goo.gl/S46Nej

Programa de bolsas busca ideias

Jornalistas, acadêmicos, cineastas e analistas de políticas públicas podem candidatar-se à turma de 2020 deste programa de bolsas.

O New America National Fellows Programa busca ideias que tenham impacto e despertem novas conversas sobre os problemas mais urgentes de hoje.

Os bolsistas promovem ideias por meio de pesquisas, reportagens, análises e narrativas. Os projetos devem ser originais, ambiciosos e viáveis, como escrever um livro, desenvolver uma série de artigos ou produzir um documentário.

A bolsa vai de 1º de setembro de 2019 a 31 de agosto de 2020. Os bolsistas geralmente permanecem em seu trabalho e cidade, mas participam de três reuniões, cada uma com duração de três dias em Washington ou Nova York.

Os fundos variam de US$15.000 a US$30.000.

As inscrições vão até 1º de fevereiro de 2019.

Infos: https://goo.gl/ouoCdP

Fundo para projetos de jornalismo

Jornalistas interessados em fazer reportagens sobre as florestas tropicais podem se candidatar a este subsídio.

O Centro Pulitzer lançou o Rainforest Journalism Fund.

O fundo visa apoiar projetos de jornalismo sobre os seguintes temas: o papel das florestas tropicais na situação climática mundial e nos padrões metereológicos globais, regionais e locais, com as consequentes impactos na vida humana e condições de vida, provocados pelo desmatamento; os fatores de estímulo ao desmatamento; e soluções para frear o desmatamento.

Jornalistas baseados em países da região amazônica que reportam para mídias locais e regionais, em inglês, português ou espanhol, podem concorrer aqui. Os candidatos selecionados receberão US$2.500 a US$7.500.

Os jornalistas de língua inglesa que trabalham para grandes meios de comunicação podem se candidatar aqui. Os candidatos selecionados receberão entre US$5.000 e US$15.000.

As propostas serão aceitas continuamente.

Para mais informações: https://pulitzercenter.org/node/25096

Fundo para pautas de reportagem

Jornalistas experientes estão convidados a enviar pautas de reportagem em inglês.

O Projeto de Reportagem Especial da Mongabay está interessado em tecnologia de conservação.

A organização busca artigos que promovam uma melhor compreensão de como e onde a tecnologia está sendo usada para facilitar a pesquisa e a conservação da natureza.

As matérias devem ter de 800 a 1.800 palavras. Possíveis tópicos incluem usos de inteligência artificial/aprendizado de máquina que podem ser aplicados a projetos de pesquisa e conservação, sensores de coleta de dados, como câmeras, tags de rastreamento e dispositivos de monitoramento acústico.

O Mongabay negociará todas as taxas e contratos por matéria. Também oferecerá pequenos fundos para ajudar a custear viagens locais/regionais.

Não há prazo limite para envio de pautas.

Para mais informações: https://mongabay.org/?p=4972324

Bolsa para Jornalistas produzirem matéria sobre crises

Elegibilidade: as bolsas de Persephone Miel estão abertas a todos os jornalistas, escritores, fotógrafos, produtores de rádio ou cineastas, jornalistas de pessoal, freelancers e profissionais de mídia fora dos EUA que estão buscando relatórios de seu país de origem. As mulheres jornalistas e jornalistas de países em desenvolvimento são fortemente encorajados a candidatar-se. Os candidatos devem ser proficientes em inglês.

O Centro Pulitzer sobre Relatórios de Crise fornecerá uma concessão de viagem de US $ 5000 para um projeto de relatório sobre temas e regiões de importância global, com ênfase em questões que não foram relatadas ou subestimadas na mídia convencional.

Infos: https://goo.gl/GGc4PC

Fundos para reportagem de conflitos

Jornalistas em todo o mundo podem se inscrever para este programa perto de Londres.

A Fundação Thomson Reuters está oferecendo bolsas ao treinamento “Uncovering Security – Story Lab” (Descobrindo Segurança – Laboratório de Matérias), que tem como objetivo apoiar jornalistas para descobrir ameaças emergentes do mundo e trazer essas histórias para um público amplo.

O programa contará com um laboratório residencial de três dias em janeiro sobre situações de segurança emergente; a oportunidade de concorrer para pequenos fundos para cobrir o custo de reportagem; o acesso a jornalistas experientes que cobriram matérias de segurança; e apoio para propor pautas a plataformas internacionais de publicação.

Os candidatos devem ter pelo menos três anos de experiência em jornalismo e ser fluentes em inglês. Experiência cobrindo questões de segurança é uma vantagem.

Jornalistas devem apresentar uma ideia de pauta que se relaciona com uma situação de segurança emergente em uma comunidade específica, país ou região do mundo.

As inscrições vão até 4 de setembro.

Para mais informações: https://goo.gl/xkaMSP

Bolsas para estudos de mídia na Alemanha

Jovens profissionais de países em desenvolvimento podem solicitar uma bolsa para estudar na Alemanha.

O Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD, em alemão) apoia estudos de pós-graduação e treinamento em uma variedade de assuntos, incluindo estudos de mídia.

As instituições que oferecem estudos de mídia incluem a Universidade Leipzig, Universidade Bauhaus Weimar e Universidade de Ciências Aplicadas de Colônia.

Os candidatos devem ter completado seu diploma universitário nos últimos seis anos e ter pelo menos dois anos de experiência profissional relacionada.

O prazo varia por universidade.

Para mais informações: https://goo.gl/PkLp2x

Bolsas para reportagens sobre religião

Jornalistas profissionais interessados em reportar sobre religião podem candidatar-se a uma bolsa.

O International Reporting Project (IRP) aceita propostas de reportagem sobre questões de religião global.

Os tópicos possíveis incluem conflito e paz; ambiente e sustentabilidade; economia política e desenvolvimento; saúde e educação; gênero, raça e sexualidade; lei e direitos humanos; movimentos sociais; migração; e humanitarismo.

Os candidatos devem apresentar um orçamento detalhado e um ensaio sobre a história que querem cobrir. O orçamento proposto ajudará a determinar o montante da bolsa.

As candidaturas serão consideradas numa base contínua.

Informações: https://goo.gl/4nGgOZ

Programa de comunicação busca mentores e redatores

Jornalistas ambientais iniciantes e experientes podem participar deste programa.

Ensia, uma revista sem fins lucrativos que se concentra nos desafios ambientais e soluções para um público global, está aceitando candidatos para o Programa Ensia de Mentoria.

O programa oferece a jornalistas a oportunidade de criar um artigo, vídeo, galeria de imagens, infografia ou outro trabalho sob a orientação de um comunicador experiente sobre um tema de sua escolha para a Ensia.

A matéria original deve estar em inglês, mas a Ensia aceita artigos publicados em outros idiomas se o jornalista quiser traduzi-lo.

Redatores e mentores recebem US$600 e US$400, respectivamente, por artigo.

As inscrições são aceitas de forma contínua.

Mais informações: https://goo.gl/3YJbv6

Fundo para Jornalistas documentaristas

Jornalistas documentaristas podem se inscrever para uma bolsa que varia de GBP5.000 a GBP50.000 (US$$6.236 a US$62,366).

O Bertha BRITDOC Fund for Journalism  é um fundo internacional de cinema dedicado a apoiar documentários de formato longo de natureza jornalística.

O fundo busca filmes que desvendam histórias, expõem injustiças e chamam a atenção para questões pouco reportadas e em regiões inéditas. Devido à natureza de investigação dos filmes, o fundo busca cineastas com experiência jornalística.

O fundo apóia pesquisa e desenvolvimento em profundidade, financiamento de produção de investigações longitudinais, suporte editorial de estrutura de documentário em formato longo, treinamento em ambientes hostis, transporte de emergência e aconselhamento jurídico.

O apoio é concedido continuamente ao longo do ano.

Para mais informações: https://goo.gl/fjPnHc

Bolsas de reportagens sobre religião

Jornalistas profissionais interessados em reportar sobre religião podem candidatar-se a uma bolsa.

O International Reporting Project (IRP) aceita propostas de reportagem sobre questões de religião global.

Os tópicos possíveis incluem conflito e paz; ambiente e sustentabilidade; economia política e desenvolvimento; saúde e educação; gênero, raça e sexualidade; lei e direitos humanos; movimentos sociais; migração; e humanitarismo.

Os candidatos devem apresentar um orçamento detalhado e um ensaio sobre a história que querem cobrir. O orçamento proposto ajudará a determinar o montante da bolsa.

As candidaturas serão consideradas numa base contínua.

Para mais informações: https://goo.gl/4nGgOZ

Fundo para Jornalistas independentes e documentaristas

Jornalistas independentes e documentaristas que focam em violações dos direitos humanos podem solicitar apoio financeiro.

O Forum Freelance Fund oferece a Bolsa Portenier de Direitos Humanos, patrocinada pela cineasta Giselle Portenier. Os candidatos devem demonstrar um claro interesse ou histórico em lançar luz sobre os abusos dos direitos humanos e planejar uma próxima tarefa ou projeto com um foco em direitos humanos.

O prêmio está aberto a freelancers em todo o mundo, experientes ou iniciantes. O vencedor receberá até CAD3.000 (US$2.335) para treinamento de segurança em ambientes perigosos do AKE, Columbia Journalism School, Centurion, 1st Options Security, Global Journalist Security, Pilgrims Group, Remote Trauma, Tundra Group ou TYR Solutions.

Mais informações: http://bit.ly/1XkF70q

Bolsa de reportagem

bolsa2Jornalistas e equipes de jornalistas podem apresentar um projeto para esta nova bolsa.

A Alliance for Science da Universidade de Cornell está aceitando inscrições para bolsas jornalismo científico agrícola. O programa visa promover reportagem em profundidade e contextualizada em tópicos/questões relacionadas com a segurança alimentar, a produção agrícola, biotecnologia e práticas agrícolas sustentáveis.

Há duas categorias de bolsas de estudo: as prêmios individuais de US$5.000 a US$15.000 e prêmios de jornalismo colaborativo de até US$25.000. Equipes colaborativas devem incluir dois jornalistas, um de um país em desenvolvimento e o outro de um país desenvolvido.

As inscrições estão abertas.

Mais informações: http://goo.gl/Pii3DK

Bolsa de viagem para jornalistas

bolsa2Jornalistas em todo o mundo podem se inscrever para uma verba de viagem para cobrir populações que aparecem pouco na mídia.

O Pulitzer Center on Crisis Reporting está aceitando propostas de projetos de jornalistas, escritores, fotógrafos, produtores de rádio, cineastas ou freelancers de qualquer nacionalidade.

O programa vai fundar os custos de viagens internacionais associados a projetos de reportagens sobre temas e regiões de importância global. O candidato deve provar que sua matéria será distribuída nos Estados Unidos ou Europa.

O valor de bolsas de viagem individuais dependerá do projeto específico e planejamento do orçamento detalhado. A maioria dos prêmios está na faixa de US$5.000 a US$15.000.

As inscrições são aceitas durante o ano todo.

Mais informações: http://goo.gl/APxDC3