Treinamento para jornalistas na Turquia

Jovens jornalistas podem se candidatar a uma bolsa em Istambul, na Turquia.

A Corporação Turca de Rádio e Televisão – TRT World organiza um programa de bolsas. O TRT World Fellowship é um programa intensivo concebido para desenvolver, integrar e aplicar as habilidades de jovens talentosos de todo o mundo em sua redação.

Os bolsistas se juntarão à equipe TRT World de 17 de junho a 10 de agosto para trabalhar em um dos mais novos canais da Turquia. Eles também irão fazer cursos intensivos de línguas durante o programa.

A bolsa oferece viagem, subsídio para cobrir os custos de vida em Istambul, acomodação do TRT World, serviços e aconselhamento.

Os candidatos devem ter proficiência em inglês e estar nos estágios iniciais de sua carreira.

As inscrições vão até 31 de março.

Candidate-se em https://goo.gl/sd1diw

Concurso com vaga para jornalista na Paraíba

IFPB – 25/2/2019 – R$ 4.180,66

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba

1 vaga para jornalista

Salário: R$ 4.180,66

Inscrição até 25 de fevereiro (prorrogado)

Taxa: R$ 150,00

Banca: IFPB (ifpb.edu.br)

Data da prova: 31 de março

Prova objetiva: conhecimento específico (20), língua portuguesa (20), legislação do serviço público (10)

Edital: https://goo.gl/MzzLYr

Seminário sobre saúde e notícias falsas em Brasília

Estudantes, pesquisadores, professores e gestores das áreas de comunicação, saúde e outros podem participar deste evento gratuito sobre saúde e fake news.

A  Fiocruz Brasília realizará um seminário internacional sobre as relações da saúde pública com a imprensa entre 18 e 21 de março em Brasília.

O evento vai examinar como as notícias falsas podem ser prejudiciais à saúde das pessoas e afetar a execução plena da política de saúde no Brasil. Também incluirá um curso livre sobre fake news e saúde e uma exposição.

Cartunistas profissionais e amadores que queiram enviar seus desenhos de humor gráfico para ser expostos durante o seminário têm até 1° de março.

As inscrições gerais vão até 15 de março.

Infos: https://www.fiocruzbrasilia.fiocruz.br/?p=3170

Palestra gratuita em SP: “Marketing do Futuro”

Com enfoque em neuromarketing, o objetivo do evento é transmitir conhecimento e fazer com que os participantes sintam diversas sensações, emoções e sentimentos

O Sebrae-SP realiza no dia 20 de fevereiro às 18h30, em parceria com a Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC),  a palestra gratuita Marketing do Futuro com o profissional Fernando Kimura. O evento é aberto ao público e as vagas são limitadas.

O credenciamento deve ser feito no início do evento, a partir das 18h30, no auditório do Palácio do Comércio Miguel Damha, localizado na Rua General Osório, 401, no Centro.

Serviço

Marketing do Futuro com Fernando Kimura

Data: 20/02

Horário: 18h30

Local: Auditório ACISC – Palácio do Comércio “Miguel Damha” (Rua General Osório, 401, Centro)

Informações: (16) 3362-1900

Digitalista 2019: evento de Marketing Digital para jornalistas em São Paulo

Em 13 de abril (sábado), acontece o Digitalista 2019 (www.digitalista.com.br), um grande evento de Marketing Digital voltado para jornalistas. Idealizado pelo jornalista e especialista Almir Rizzatto, o seminário será realizado no auditório da FAPCOM, faculdade localizada na Vila Mariana, em São Paulo-SP.
O Digitalista terá na programação palestras e debates com jornalistas e especialistas em Marketing Digital. Uma oportunidade incrível para os profissionais de comunicação se atualizarem, fortalecerem seus currículos e fazerem networking com centenas de colegas de profissão, de todo o Brasil. Os participantes receberão certificado digital.
“O evento é indicado para todos os jornalistas, seja você um profissional que já atua na área ou busca mais informações sobre este universo ainda desconhecido e inexplorado por muitos. A ideia é mostrar que os jornalistas podem atuar, sim, com Marketing Digital, e até empreender”, afirma Almir Rizzatto, que ministra cursos para jornalistas desde 2016.
O idealizador do seminário explica que a ideia surgiu após participar de muitos eventos de Marketing Digital e ver que não havia nada direcionado para jornalistas. “O objetivo é oferecer ao público um conteúdo totalmente customizado, voltado para o dia a dia e a realidade dos jornalistas, como faço nos meus treinamentos. Então, mesmo quem ainda não está ambientado com esse universo digital, se sentirá à vontade no Digitalista.”
No site www.digitalista.com.br serão divulgados os palestrantes e debatedores. Na página também já é possível comprar ingressos.

Sobre o idealizador do Digitalista 2019
Almir Rizzatto é especialista em Marketing Digital, jornalista e fundador da agência RZT Comunicação. Desde 2016 ministra cursos para jornalistas, como os de Marketing Digital, Redes sociais e SEO. Ao longo desse período, capacitou mais de 500 profissionais.
Também já ministrou palestras no Google, em São Paulo, e na Social Media Week SP, considerado o maior evento de comunicação digital da América Latina.

Apoiadores do Digitalista 2019
Realização: Almir Rizzatto e RZT Comunicação
Oferecimento: FAPCOM
Patrocinadores: Eventbrite e mLabs
Mídia oficial: Portal Comunique-se
Apoiadores de mídia: ABRADi e ABRADi-SP

Serviço:
Digitalista 2019
Data: 13 de abril de 2019 (sábado)
Local: FAPCOM – Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação
Endereço: Rua Major Marigliano, 191 – Vila Mariana – São Paulo-SP
Horário: das 8h30 às 17h30
Ingressos: de R$ 190 a R$ 390
Site: www.digitalista.com.br
Ingressos: www.digitalista.com.br/ingressos
E-mail: contato@digitalista.com.br
Telefone: (11) 5051-8142

Repórteres Sem Fronteiras na Alemanha oferece treinamento

Jornalistas profissionais, blogueiros e jornalistas cidadãos de países em crise ou guerra podem se candidatar a uma bolsa de residência em Berlim.

O Repórteres Sem Fronteiras na Alemanha, com o apoio do Departamento de Economia, Energia e Empresas Públicas do Senado de Berlim, fornecerá oito bolsas para jornalistas para a temporada de de maio a dezembro.

Os participantes do Programa de Bolsas de Estudo de Berlim concluirão um programa abrangente de treinamento em questões de segurança digital relevantes para o seu trabalho.

O programa cobrirá despesas de viagem, visto, apartamento, EUR1.000, transporte público e uso do computador.

Os candidatos devem ter um bom domínio do inglês. Eles devem ter a intenção de retornar ao país depois da bolsa.

As inscrições vão até 19 de fevereiro.

Infos: https://goo.gl/xwBjsi

Oficinas de Jornalismo em São Paulo

Jornalistas e cidadãos interessados em discutir questões, compartilhar recursos e conhecimento e mais podem participar desta série de eventos em São Paulo.

A Énois, em parceria com o City Bureau, apresenta a Redação Aberta, um espaço de oficinas baseado no programa Public Newsroom, que foca no jeito que comunidades são reportadas ou não na mídia.

A primeira oficina abordará “Como cobrir violações de direitos nos territórios” com Maria Teresa Cruz, jornalista da Ponte Jornalismo, das 19 às 22 horas no dia 20 de fevereiro.

Entre os tópicos estão como dar um tratamento adequado para vítimas de violência e quais posturas de segurança tomar quando essas violações acontecem.

A programação é gratuita.

Infos: https://wp.me/P3jk8P-Gz

Prêmio destaca jornalismo ambiental

Jornalistas no mundo todo podem enviar matérias para uma competição anual.

A Sociedade de Jornalistas Ambientais (SEJ, em inglês) nos Estados Unidos está aceitando inscrições para o seu reconhecimento anual de reportagens ambientais. A premiação homenageia jornalistas em sete categorias diferentes, incluindo reportagem investigativa, matéria em profundidade, fotografia e melhor livro ambiental.

Os jornalistas não precisam ser especialistas em meio ambiente para concorrer, mas o trabalho deve ser sobre temas ambientais. Jornalistas internacionais também são incentivados a enviar seus trabalhos, incluindo uma tradução ao inglês.

O vencedor do Prêmio Nina Mason Pulliam pela “melhor das melhores” reportagens ambientais receberá US$10.000. O primeiro e segundo colocado em cada categoria receberão US$500 e US$250, respectivamente.

A taxa para cada artigo varia de US$45 para os membros do SEJ a US$110 para não-membros.

As inscrições vão até 1° de abril.

Infos: https://www.sej.org/node/613

Bolsa para mulheres jornalistas em Boston

Jornalistas em todo o mundo que se concentram em direitos humanos e justiça social podem se inscrever para uma bolsa de treinamento de sete meses.

Oferecida pela International Women’s Media Foundation, a bolsa Elizabeth Neuffer leva o nome da vencedora do prêmio Coragem em Jornalismo 1998 da IWMF e correspondente do Boston Globe que foi morta no Iraque em maio de 2003.

A jornalista selecionada passará um ano letivo em um programa adaptado com acesso a universidades da região de Boston, bem como nas redações do Boston Globe e o New York Times.

As candidatas devem ter pelo menos três anos de experiência, excelente conhecimento de inglês, ser dedicadas a uma carreira no jornalismo impresso, rádio/TV ou mídia online e mostrar um forte compromisso em compartilhar conhecimentos e técnicas com seus colegas depois da conclusão da bolsa. A bolsa cobre um estipêndio, passagem aérea e alojamento.

As inscrições vão até 7 de março.

Infos: https://goo.gl/XLJA3g

Bolsa de jornalismo visual

Profissionais de mídia que demonstraram excelência no trabalho visual e um compromisso com mudanças sociais podem se candidatar a este programa.

A CatchLight, uma organização de fotografia com base na Califórnia, busca candidatos para seu fellowship de 2019.

As bolsas de US$30.000 serão concedidas a três líderes criativos no campo da narrativa visual, que demonstraram excelência no uso inovador da fotografia para retratar e conscientizar sobre questões sociais desafiadoras.

Os bolsistas também recebem orientação, desenvolvimento de projetos personalizados e oportunidades de networking.

Os candidatos devem apresentar uma proposta descrevendo um projeto de 12 meses. Uma variedade de formatos visuais, incluindo fotografia, vídeo, áudio, movimento ou VR, serão aceitos.

As inscrições vão até 18 de fevereiro.

Infos: https://goo.gl/ZwLnf3

Fundo mundial para mulheres jornalistas

Mulheres jornalistas de todas as nacionalidades podem concorrer a uma bolsa.

A International Women’s Media Foundation (IWMF) está aceitando inscrições para o Fundo Buffett G. Howard, que visa apoiar mulheres jornalistas em seus projetos e empreendimentos.

Possíveis projetos incluem expor questões globais críticas; desafiar narrativas tradicionais de mídia; desenvolver competências e fortalecer carreiras; treinamentos e oportunidades de liderança; e lançamento de novos projetos empresariais ou adquirir a habilidade de fazê-lo.

As candidatas devem ter três ou mais anos de experiência em jornalismo profissional. Equipes de jornalistas podem concorrer; no entanto, a inscrição deve ser feita por uma mulher jornalista e sua equipe deve incluir pelo menos 50 por cento de mulheres.

As inscrições vão até 25 de fevereiro.

Infos: https://goo.gl/9MZunv

Concurso convida fotojornalismo internacional

Fotojornalistas profissionais de 18 a 33 anos podem concorrer a prêmios em dinheiro.

A agência de informação Rossiya Segodnya e a Comissão Russa para a Unesco estão organizando um concurso de fotojornalismo internacional em homenagem ao jornalista russo Andrei Stenin, que foi morto na Ucrânia, em agosto de 2014.

As inscrições podem conter uma única fotografia ou uma série de não mais de 12 fotografias. As categorias do concurso são notícias, retratos, esportes e mais.

As fotografias devem ter sido feitas depois de 1° de janeiro de 2018.

Os prêmios consistem em um grand prix de RUB700.000 (US$10.171), RUB100.000 (US$1.453 para o primeiro lugar, RUB75.000 (US$1.089) para o segundo lugar e RUB50.000 (US$726), terceiro lugar.

As inscrições vão até 28 de fevereiro.

Infos: https://goo.gl/H3xYre

Bolsas de jornalismo na Alemanha

Jovens jornalistas, gestores de mídia e outros profissionais de comunicação podem se inscrever.

A DW Akademie aceita inscrições para seu programa de Estudos de Mídia Internacional, em Bonn, Alemanha. Os alunos que concluírem com êxito o programa de quatro semestres receberão diploma de mestrado.

O programa reúne pesquisa, palestras e experiências práticas, combinando estas disciplinas: mídia e desenvolvimento, jornalismo, comunicação e gerenciamento de mídia.

Dez bolsas integrais são oferecidas a candidatos da África, Ásia, América Latina ou Europa Oriental.

Os candidatos devem ter diploma de bacharel e pelo menos um ano de experiência profissional em um campo relacionado com mídia. Os candidatos também devem ter um bom conhecimento de inglês e alemão.

As inscrições vão até 31 de março.

Infos: https://goo.gl/bMQLXf

Bolsa de reportagem na ONU

Jornalistas de países em desenvolvimento entre 25 e 35 anos podem se inscrever para uma bolsa de reportagem nas Nações Unidas.

O programa, patrocinado pelo Dag Hammarskjöld Scholarship Fund for Journalists, dá aos participantes a oportunidade de cobrir temas internacionais durante a 74° sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova York. Os bolsistas irão fazer contatos profissionais, interagir com jornalistas experientes e ganhar uma perspectiva mais ampla sobre questões globais.

A bolsa está aberta a jornalistas atualmente trabalhando em tempo integral em países em desenvolvimento na África, Ásia, América Latina e Caribe.

Não serão aceitas inscrições de países dos bolsistas de 2019: Argentina, Índia, Quênia e Iêmen. Jornalistas desses países podem concorrer em 2020.

A bolsa cobre viagem, acomodação e estipêndio diário.

As inscrições vão até 15 de março.

Infos: http://unjournalismfellowship.org/

Inscrições abertas para oficinas gratuitas de rádio e fotografia em SP

Estão abertas as inscrições para as oficinas de rádio e fotografia do Projeto Conectados. Os cursos são gratuitos. O prazo para inscrição termina em 7 de fevereiro.

São 30 vagas para o curso de rádio, 30 para locução esportiva e 14 para fotografia. As oficinas têm um ano de duração e são responsabilidade da Fundação Nossa Senhora do Ipiranga (Funsai).

O curso de rádio começa no dia 19 de fevereiro com aulas duas vezes na semana. Os alunos vão aprender técnicas de locução AM e FM, sonoplastia, produção e texto, etc.

O curso de locução esportiva começa no dia 21. A oficina vai abordar entrevistas, técnicas de locução, transmissão ao vivo e elaboração de matérias. No final, os alunos participam de uma etapa do Paulista de Beach Soccer. As aulas serão às quintas e aos sábados.

Os alunos de fotografia terão aulas às quartas-feiras. O programa inclui introdução à fotografia digital, tratamento de imagem, iluminação, foto com celular ou câmera compacta e noções de publicidade.

Mais informações: http://www.radioconectados.com.br/

Curso gratuito de cinema em Itapevi

A Prefeitura de Itapevi oferece gratuitamente à população uma oficina de qualificação em Audiovisual e Cinema. O curso será oferecido pela Secretaria de Cultura e Juventude e tem como objetivo oferecer noções básicas de tecnologia nas áreas e capacitar jovens para produzirem curtas-metragens ou documentários mais refinados.

As oficinas acontecem todas às sextas-feiras, das 16h às 19h, começam no dia 8 de fevereiro e vão até 26 de abril. Elas serão realizadas na Escola Municipal Livre de Dança (Avenida Luiz Manfrinato, 194 – Centro) em uma parceria com o Studio Toshie.

A idade mínima para participar é de 16 anos, será formada uma turma com, no máximo, 20 alunos. Serão emitidos certificados de conclusão das oficinas para os estudantes.

A grade programática será das seguintes disciplinas: História do cinema (Básico), Roteiro (Básico), Manuseio de equipamento (movimentos de filmagem), Enquadramento, Chroma Key (técnica de sobrepor uma imagem gravada sobre outra, retirando uma das cores criando um efeito visual de primeiro e segundo  plano), Stop Motion (técnica que utiliza a disposição sequencial de fotografias diferentes de um mesmo objeto inanimado para simular o seu movimento), Gravação (captura de imagem e áudio), Edição Básica (finalização do curta ou documentário).

As inscrições estão abertas e vão até o dia 6 de fevereiro. Elas deverão ser feitas pessoalmente, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Escola Livre Municipal de Dança (Avenida Luiz Manfrinato, 194 – Centro).

Curso online foca em gestão de redes sociais para jornalistas

Jornalistas da mídia impressa e digital, gerenciadores de conteúdo da web, editores e outros interessados podem se registrar neste curso online.

O Centro de Formação em Jornalismo Digital (CFPD, em espanhol) da Universidade de Guadalajara organiza o curso “Gestão de comunidades e redes sociais para jornalistas” entre 4 de março e 14 de abril.

Os participantes vão aprender como usar as redes sociais como fontes de informação e plataformas de comunicação, como criar sua própria marca e desenvolver estratégias para criar comunidades e maximizar a presença online.

O custo é de MXN2,100 para participantes residentes no México e US$100 para os demais.

As inscrições vão até 21 de fevereiro.

Infos: https://www.cfpdudgvirtual.org/?p=5277

Concurso para Jornalistas de imprensa, TV e vídeo na América Latina

Jornalistas de imprensa, TV e vídeo que vivem na América Latina e cobriram questões de saúde em 2018 estão convidados a competir.

Os Laboratórios Roche na América Latina e a Fundação Gabriel García Márquez para um Novo Jornalismo Ibero-Americano (FNPI, em espanhol) organizam a sétima edição do Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde.

O prêmio será entregue em duas categorias: TV/vídeo e jornalismo escrito. Os trabalhos devem cobrir um ou mais dos seguintes tópicos: inovação em saúde, biotecnologia e saúde, acesso a tratamentos de saúde, pesquisa e desenvolvimento, políticas de saúde pública e oncologia.

Os vencedores receberão uma bolsa de estudos integral para participar de um workshop da FNPI de sua escolha ou podem participar do Festival do Prêmio de Jornalismo Gabriel García Márquez, realizado todos os anos em Medellín, Colômbia.

As inscrições vão até 4 de abril.

Infos: https://goo.gl/k4cmc1

Prêmio de coragem da mulher no fotojornalismo

Mulheres fotojornalistas que cobriram em ambientes perigosos podem ser nomeadas para um prêmio.

A  International Women’s Media Foundation (IWMF) está à procura de nomeações para o Prêmio Anja Niedringhaus de Coragem no Fotojornalismo, que faz homenagem à fotógrafa Anja Niedringhaus da Associated Press, morta no Afeganistão em abril de 2014.

O prêmio reconhece mulheres fotojornalistas cujos trabalhos refletem a coragem e dedicação de Anja e que demonstram extraordinária força de caráter, coragem e perseverança na documentação do mundo.

As nomeações devem incluir 12 fotografias que melhor representem o escopo e estilo de trabalho da candidata.

A vencedora receberá US$20.000 e seu trabalho será exibido na Residência do Embaixador da Alemanha em Washington.

Autonomeações serão aceitas. As inscrições vão até 1° de março.

Infos: https://goo.gl/oTjzfh

Bolsas disponíveis para programa de jornalismo no Canadá

Jornalistas, escritores, críticos, curadores, artistas e acadêmicos podem se inscrever para uma residência de um mês em jornalismo na província de Alberta, no Canadá.

O Banff Centre está organizando uma residência de jornalismo literário de 2 a 28 de junho nos estúdios da colônia Leighton de artistas.

O programa permite que escritores trabalharem em seus ensaios, memórias ou reportagens, recebam consultas individuais com professores e participem de discussões.

Os bolsistas serão selecionados com base em habilidades de redação, mérito literário e a relevância e originalidade da ideia d projeto.

O programa é gratuito para os participantes, que também podem concorrer a umm prêmio-comissão de CAD2.000 (US$1.505) para o trabalho produzido e um subsídio de viagem.

As inscrições vão até 27 de fevereiro.

Infos: https://goo.gl/BD5OVE

Prêmio International de Jornalismo

Jornalistas cujas reportagens ou inovações causaram impacto em suas comunidades podem ser nomeados para um prêmio.

O Centro Internacional para Jornalistas (ICFJ, em inglês) busca indicações para o Prêmio Knight International de Jornalismo.

Os prêmios homenageiam os jornalistas que, apesar de circunstâncias difíceis, produzem notícias ou inovações pioneiras que têm grande impacto na vida das pessoas no mundo em desenvolvimento.

Os indicados podem ser repórteres, editores, tecnólogos, gerentes de mídia, jornalistas cidadãos ou blogueiros que são e trabalham na África, Ásia, Europa Central/Oriental, América Latina, Caribe ou Oriente Médio.

O prêmio reflete a missão das Bolsas ICFJ-Knight, que criam e disseminam inovações para envolver melhor comunidades e melhorar vidas. O programa é apoiado pela Fundação John S. e James L. Knight e pela Fundação Bill & Melinda Gates.

Os vencedores serão homenageados no jantar de premiação do ICFJ em 7 de novembro  em Washington. Cada vencedor receberá um prêmio em dinheiro de US$10.000 e um troféu de cristal.

As inscrições vão até 22 de fevereiro.

Infos: https://goo.gl/FMm58R

Prêmio de jornalismo de dados

Jornalistas ou freelancers que trabalham para empresas de mídia e organizações sem fins lucrativos podem competir.

O Prêmio de Jornalismo de Dados (DJAs, em inglês), organizado pela Rede Global de Editores (GEN, em inglês) e patrocinado pelo Google News Lab, a John S. and James L. Knight Foundation e Microsoft, selecionará vencedores em 12 categorias.

As categorias são visualização de dados do ano, investigação do ano, aplicativo de dados de notícias do ano, site de jornalismo de dados do ano, melhor uso de dados em reportagem de última hora, premiação de dados abertos, melhor portfólio individual, melhor equipe de jornalismo de dados (redação grante), melhor equipe de jornalismo de dados (redação pequena), inovação em jornalismo de dados, estudante de jornalismo de dados do ano e escolha pública.

Os trabalhos devem ter sido publicadas ou transmitidas entre 26 de março de 2018 e 7 de abril de 2019. As inscrições em idiomas diferentes do inglês devem ser acompanhadas de uma tradução ao idioma.

Os vencedores receberão uma viagem para Atenas, na Grécia, e participarão do Global Editors Network  Summit e  da cerimônia dos Prêmios de Jornalismo de Dados em junho.

As inscrições vão até 7 de abril.

Infos: https://goo.gl/gcy1AH

Fundação Magnum seleciona bolsistas de fotografia

Recém-formados e fotógrafos iniciantes podem se candidatar a este programa em Nova York.

A Fundação Magnum está aceitando candidatos para sua bolsa da fotografia

O programa de seis semanas, de fevereiro a abril de 2019, permite a bolsistas produzir um projeto detalhado que demonstra um compromisso com questões sociais e com o trabalho comunitário na cidade.

Os bolsistas recebem uma bolsa total de US$6.000 e orientação.

Os candidatos devem ter experiência em pelo menos uma das seguintes áreas: produção de vídeo, design gráfico, tecnologia emergente e pesquisa.

As inscrições vão até 4 de janeiro de 2019.

Infos: https://goo.gl/S46Nej

Programa de bolsas busca ideias

Jornalistas, acadêmicos, cineastas e analistas de políticas públicas podem candidatar-se à turma de 2020 deste programa de bolsas.

O New America National Fellows Programa busca ideias que tenham impacto e despertem novas conversas sobre os problemas mais urgentes de hoje.

Os bolsistas promovem ideias por meio de pesquisas, reportagens, análises e narrativas. Os projetos devem ser originais, ambiciosos e viáveis, como escrever um livro, desenvolver uma série de artigos ou produzir um documentário.

A bolsa vai de 1º de setembro de 2019 a 31 de agosto de 2020. Os bolsistas geralmente permanecem em seu trabalho e cidade, mas participam de três reuniões, cada uma com duração de três dias em Washington ou Nova York.

Os fundos variam de US$15.000 a US$30.000.

As inscrições vão até 1º de fevereiro de 2019.

Infos: https://goo.gl/ouoCdP

Cursos online e gratuitos de redação

Principais plataformas para quem deseja aprender a fazer redação online:

Escrever Online
Com versões pagas e gratuitas, o acesso é permitido por meio de uma inscrição no site.

 

Prime Cursos
Na plataforma está disponível o curso de Redação Oficial online e grátis.

Curso Língua P
Canal do youtube que possui um curso online de redação grátis dividido em 13 lições.

Fonte: E+B Educação

Mestrado de jornalismo na China

Jornalistas em todo o mundo que falam inglês podem se candidatar a este programa na China.

A Faculdade de Jornalismo e Comunicação na Universidade Tsinghua oferece um mestrado em jornalismo global de negócios destinado a levar jornalistas de negócios a padrões superiores de reportagem.

O programa de dois anos, uma parceria entre a Tsinghua, o Centro Internacional para Jornalistas (ICFJ, em inglês) e a Bloomberg News, é conduzido inteiramente em inglês. Metade dos alunos são chineses e a outra metade, internacional. Há um número limitado de bolsas disponíveis.

Ministrado por um corpo docente internacional, o currículo abrange temas essenciais para os jornalistas de negócios, incluindo a mineração de dados e reportagem multimídia de economia.

Um número limitado de bolsas de estudo está disponível para os melhores candidatos. Os interessados em se candidatar a uma bolsa de estudos são incentivados a se inscrever logo.

O prazo para a primeira rodada de inscrições termina em 15 de janeiro de 2019. O prazo para a segunda rodada vai até 20 de março de 2019.

Infos: https://goo.gl/NYg5NH

Fundo para projetos de jornalismo

Jornalistas interessados em fazer reportagens sobre as florestas tropicais podem se candidatar a este subsídio.

O Centro Pulitzer lançou o Rainforest Journalism Fund.

O fundo visa apoiar projetos de jornalismo sobre os seguintes temas: o papel das florestas tropicais na situação climática mundial e nos padrões metereológicos globais, regionais e locais, com as consequentes impactos na vida humana e condições de vida, provocados pelo desmatamento; os fatores de estímulo ao desmatamento; e soluções para frear o desmatamento.

Jornalistas baseados em países da região amazônica que reportam para mídias locais e regionais, em inglês, português ou espanhol, podem concorrer aqui. Os candidatos selecionados receberão US$2.500 a US$7.500.

Os jornalistas de língua inglesa que trabalham para grandes meios de comunicação podem se candidatar aqui. Os candidatos selecionados receberão entre US$5.000 e US$15.000.

As propostas serão aceitas continuamente.

Para mais informações: https://pulitzercenter.org/node/25096

Curso de inglês para jornalistas

Qualquer um pode participar deste curso gratuito em seu próprio ritmo.

A Universidade da Califórnia, em Berkeley, oferece o MOOC (Curso Online Massivo e Aberto) “English for Journalists, part 2” através da plataforma edX. O curso é dividido em duas sessões de cinco semanas. A segunda sessão está disponível agora.

O curso foi desenvolvido pelo Departamento de Estado dos EUA e por outras organizações para falantes de inglês não-nativos que estão interessados em desenvolver as habilidades necessárias para o jornalismo. Os alunos devem dedicar de 3 a 4 horas por semana ao treinamento.

Entre os tópicos estão como melhorar o seu vocabulário e gramática inglesa para escrever matérias mais eficazes; como comunicar de forma mais eficaz com os outros em entrevistas e reportagens; e aprender diferentes estilos de escrita de notícias, incluindo humor, satírico, esportes e transmissão; e mais.

As inscrições estão abertas.

Para mais informações: https://www.edx.org/course/english-for-journalists-part-2-0

9 cursos gratuitos online de francês

Sites, cursos online, canais no YouTube e aplicativos que auxiliam quem quer iniciar ou aprofundar seus conhecimentos na língua falada por mais de 270 milhões de pessoas:

Bonjour de France

Testes, exercícios e jogos para aprender francês, além de fichas pedagógicas preparadas por professores especializados.

Canal UniFrancês

Brasileiro que se mudou para a Bélgica ainda criança e criou o canal UniFrancês no YouTube, por onde ensina vocabulário, pronúncia e gramática. Conta com mais de 70 mil inscritos e vídeos separados por playlists.

Babbel

O aplicativo disponibiliza aulas para iniciantes e avançados, além de cursos para aprimorar os conhecimentos, vocabulário e gramática. Você pode salvar o progresso de cada lição para recomeçar de onde parou. Disponível para Android e iOS.

Memrise

O acesso à plataforma é feito por meio de um cadastro bem simples. Os módulos são criados por uma comunidade de usuários que oferecem focos diversos. como Francês para Brasileiros, Vocabulário Necessário, Preposições e Conjunções.

FrancêsZero

O site disponibiliza conteúdo gratuito em forma de podcasts, exercícios, música e módulos do básico ao intermediário.

BBC Languages French

O site disponibiliza exercícios, jogos, áudios, vídeos e outros materiais que compõem o curso online gratuito. Mas, trata-se de um site britânico, logo, você vai precisar de alguma familiaridade com o inglês.

Os franceses tomam banho!

Vídeos reunindos no Curso Básico de Francês no qual o aluno tem acesso a dicas e curiosidades sobre a cultura francesa.

Universidade do Texas

Mais um para você treinar o inglês enquanto aprende francês! A Texas University oferece, por meio da plataforma Alison, cursos online gratuitos para quem quer usar o idioma em diversas situações, como moda, restaurantes, trabalho e em casa.

Podcast Français Facile

Diálogos, textos, gramática, fonética e jogos, tudo isso é disponibilizado pelo site de forma inteiramente gratuita. O usuário tem acesso a vídeos e áudios em MP3 sobre temas variados que possibilitam o treino e memorização do idioma. Além disso, você pode praticar o conteúdo baixando os exercícios em PDF.

Fundo para pautas de reportagem

Jornalistas experientes estão convidados a enviar pautas de reportagem em inglês.

O Projeto de Reportagem Especial da Mongabay está interessado em tecnologia de conservação.

A organização busca artigos que promovam uma melhor compreensão de como e onde a tecnologia está sendo usada para facilitar a pesquisa e a conservação da natureza.

As matérias devem ter de 800 a 1.800 palavras. Possíveis tópicos incluem usos de inteligência artificial/aprendizado de máquina que podem ser aplicados a projetos de pesquisa e conservação, sensores de coleta de dados, como câmeras, tags de rastreamento e dispositivos de monitoramento acústico.

O Mongabay negociará todas as taxas e contratos por matéria. Também oferecerá pequenos fundos para ajudar a custear viagens locais/regionais.

Não há prazo limite para envio de pautas.

Para mais informações: https://mongabay.org/?p=4972324

Curso gratuito de identificação de fake news

Objetivo de curso gratuito é fazer o público reconhecer quando se depara com uma fake news

O projeto Comprova disponibilizou um curso gratuito sobre checagem de conteúdo na internet. O treinamento dura uma hora e foi elaborado pela First Draft, organização ligada à Universidade Harvard.

Quem se interessar por aprender mais sobre técnicas de identificação de conteúdo falso acesse o site: www.firstdraftnews.org/learn

É possível escolher o idioma que prefere.

Curso online gratuito ensina marketing digital para rádio e TV

Curso online – e gratuito – está com inscrições abertas

O público-alvo do curso é quem deseja ingressar no mercado de rádio e TV. O conteúdo elaborado também é voltado para quem, mesmo dentro do mercado de trabalho, planeja se atualizar, aperfeiçoando suas habilidades de marketing e evoluindo no quesito gestão do negócio.

Infos e increição: http://www.sertsc.org.br/site/?p=7858

Google oferece curso gratuito sobre Realidade Aumentada e Virtual

O Google trouxe uma novidade interessante para quem quer aprender um pouco mais sobre realidade aumentada. Trata-se de um curso parcialmente gratuito sobre como criar conteúdo em AR para sua plataforma. O curso tem mais de 15 horas de duração e pode ser feito até mesmo por quem não tem experiência no assunto.

Com esse curso é possível expandir ainda mais o assunto AR (realidade aumentada), fazendo com que as pessoas tenham mais contato com essa tecnologia que ainda é bastante desconhecida para muitos. Além disso, este curso é uma ótima porta de entrada para que as pessoas vejam o que é possível fazer com o ARCore.

Para quem se interessou e quer fazer o curso, basta acessar esse link aqui e se inscrever: https://goo.gl/SjhJ7p

É válido destacar que a opção para gratuidade completa deve ser solicitada na opção “Solicitar auxílio financeiro”. A versão grátis não dá direito ao certificado de conclusão e participação do curso.

Curso de inglês gratuito para jornalistas

Qualquer um pode participar deste curso gratuito em seu próprio ritmo.

A Universidade da Califórnia, em Berkeley, oferece o MOOC (Curso Online Massivo e Aberto) “English for Journalists” através da plataforma edX. O curso é dividido em duas sessões de cinco semanas.

O curso foi desenvolvido pelo Departamento de Estado dos EUA e por outras organizações para falantes de inglês não-nativos que estão interessados em desenvolver as habilidades necessárias para o jornalismo. Os alunos devem dedicar de 3 a 4 horas por semana ao treinamento.

Entre os tópicos estão os problemas atuais enfrentados pelos jornalistas globalmente; como melhorar o seu vocabulário e gramática para escrever matérias mais eficazes em inglês; como comunicar de forma mais eficaz com os outros em entrevistas e reportagens; e questões de ética, igualdade e justiça aplicadas ao jornalismo.

As inscrições estão abertas.

Para mais informações: https://www.edx.org/course/english-for-journalists-part-1

Cursos online grátis de idiomas em Cambridge

A Universidade Cambridge, da Inglaterra, oferece cursos online grátis de idiomas. Atualmente, as aulas gratuitas disponibilizadas são de alemão e mandarim.

Para começar, o interessado deve se cadastrar na plataforma de ensino Alison. Os cursos são livre, então o período de conclusão depende da disponibilidade de cada aluno. Os cursos são gratuitos, a única taxa que será cobrada é se houver a necessidade de um certificado.

Na língua germânica é possível cursar o básico, com noções da pronuncia do alfabeto e das palavras completas, números e saudações. Além disso, existem quatro tipos de aulas voltadas para conversação, nas quais os interessados aprendem a descrever sua família, profissão, marcar compromissos, entre outros temas.

Já nos cursos de língua chinesa, além dos mesmos temas abordados em alemão, existe um curso de primeiro contato com a língua e outras divisões para os de conversação – como usar meios de transportes, o que fazer no tempo livre e como reservar um hotel ou sair para um restaurante estão entre as opções.

Ao todo, são cinco cursos de alemão e sete de mandarim. É necessário, porém, ter conhecimento prévio em inglês, já que o site está todo nesta língua. Confira mais detalhes sobre os cursos em https://goo.gl/wS5XS7

Curso online gratuito de mídia online

Qualquer pessoa interessada em aprender a verificar a mídia online pode participar deste curso autodirigido a qualquer momento.

O First Draft oferece um curso online gratuito sobre identificação de desinformação, desenvolvido por Claire Wardle, diretora executiva da organização.

O curso de uma hora é dividido em quatro módulos cobrindo a metodologia do First Draft para verificação; ferramentas envolvidas; como verificar de forma independente a autenticidade, data e localização das fotografias; e como investigar rastros digitais.

O First Draft também organiza um curso de verificação de cinco unidades para jornalistas, estudantes e pesquisadores de direitos humanos.

Os recursos estão disponíveis em inglês, espanhol e português.

Para mais informações: https://wp.me/7oER3

Bolsa para Jornalistas produzirem matéria sobre crises

Elegibilidade: as bolsas de Persephone Miel estão abertas a todos os jornalistas, escritores, fotógrafos, produtores de rádio ou cineastas, jornalistas de pessoal, freelancers e profissionais de mídia fora dos EUA que estão buscando relatórios de seu país de origem. As mulheres jornalistas e jornalistas de países em desenvolvimento são fortemente encorajados a candidatar-se. Os candidatos devem ser proficientes em inglês.

O Centro Pulitzer sobre Relatórios de Crise fornecerá uma concessão de viagem de US $ 5000 para um projeto de relatório sobre temas e regiões de importância global, com ênfase em questões que não foram relatadas ou subestimadas na mídia convencional.

Infos: https://goo.gl/GGc4PC

Cursos gratuitos para aprender a usar ferramentas de dados

Organizações da sociedade civil, jornalistas e cidadãos podem aprender a usar ferramentas para ler e analisar dados em português.

A Escola de Dados oferece módulos acessíveis sobre os princípios básicos de trabalhar com dados, como solicitar dados para reportagem, raspagem e extração de dados, e dados em PDF.

Não é necessário efetuar inscrição para acessar os materiais online.

Mais informações: https://goo.gl/k6MEFc

Prêmio Nippon de Jornalismo

Os jornalistas que se inscreverem no Prêmio Nippon de Jornalismo terão a oportunidade de conhecer o Templo Fushimi Inari.

Ele é o principal dos 40 mil templos do Japão dedicados a Inari, deusa do arroz e da prosperidade.

Se você é ou tem um amigo jornalista, dê esta dica a ele e tenha a oportunidade de conhecer o país do sol nascente!

Informações: http://www.premionippon.com.br/