Prêmio de jornalismo inclusivo

Jornalistas que adotam o uso de vocabulário de gênero neutro podem concorrer a este prêmio.

O Portal dos Jornalistas e a newsletter Jornalistas&Cia, com o apoio da HBO Latin America, convidam inscrições para a primeira edição do Prêmio de Jornalismo Inclusivo.

Sob o tema “Todxs Nós – Linguagem Viva e Inclusiva”, o concurso pretende reconhecer trabalhos jornalísticos que alertem para a importância da inclusão.

Podem concorrer reportagens nas categorias áudio, vídeo, impresso e online, publicadas entre 1º de outubro de 2019 e 30 de setembro de 2020.

Os vencedores receberão troféu ou certificado.

As inscrições vão até 30 de setembro.

Infos: https://tinyurl.com/y85r635a

Biblioteca Pública de Nova York oferece bolsa

Jornalistas, escritores e outros que trabalham em um projeto de livro podem se inscrever para esta bolsa de pesquisa em Nova York.

O Centro Cullman da Biblioteca Pública de Nova York selecionará 15 bolsistas para um período de nove meses na biblioteca, de setembro a maio.

Os bolsistas trabalharão em seus próprios projetos e se envolverão em uma troca contínua de ideias no Centro e em fóruns públicos da biblioteca.

A bolsa oferece até US$75.000, um escritório, um computador e acesso total aos recursos da biblioteca para cada bolsista.

Candidatos internacionais fluentes em inglês e artistas visuais trabalhando em um projeto de livro também podem concorrer.

As inscrições vão até 25 de setembro.

Infos: https://tinyurl.com/ycv6o7gx

Curso foca em mídias sociais e jornalismo

Jornalistas interessados em melhorar seu uso das redes sociais podem participar deste curso online.

O Redes Cordiais e o Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro, com o apoio do Facebook Journalism Project, apresentam o curso “Mídias sociais e jornalismo: reduzindo riscos e engajando audiência”.

O curso será oferecido em quatro aulas entre 14 e 23 de julho. As aulas são “As mídias sociais a serviço do jornalista”, “Gestão de riscos nas redes sociais”, “Higiene digital” e “Direito para jornalistas”.

O treinamento é gratuito.

As inscrições vão até 14 de julho.

Infos: https://tinyurl.com/y7m4k7fl

Concurso de reportagem sobre COVID-19

Jornalistas e documentaristas que cobrem o impacto da pandemia da COVID-19 nos países em desenvolvimento podem participar deste concurso.

O One World Media, com o apoio do Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento, lançou o Coronavirus Reporting Award 2020.

A competição está aberta a trabalhos que foram transmitidos, exibidos ou publicados no Reino Unido; ou

trabalhos que foram transmitidos ou publicados internacionalmente e estão disponíveis para um público que fala inglês; ou trabalhos que foram exibidos em um festival internacional de cinema.

O vencedor será anunciado em outubro de 2020.

As inscrições vão até 30 de julho.

Infos: https://tinyurl.com/y8nnwjqt

Prêmio Synapsis de Jornalismo

Jornalistas profissionais podem concorrer a este prêmio de jornalismo com foco em saúde.

O Prêmio Synapsis de Jornalismo, organizado pela Federação Brasileira de Hospitais (FBH), convida inscrições para sua sexta edição.

A competição oferece quatro prêmios nas categorias rádio, TV, impresso e internet a matérias que apontem de forma propositiva soluções, referências e reflexões para a melhoria da condição do sistema de saúde no Brasil.

Os trabalhos devem ter sido veiculados entre 1° de outubro de 2019 e 30 de setembro de 2020.

O vencedor de cada uma das categorias receberá R$15.000.

As inscrições vão até  30 de setembro.

Infos: http://fbh.com.br/premio-synapsis/

Concurso internacional para jornalistas de vídeo

Jornalistas de vídeo independentes que cobrem notícias no mundo todo e assuntos atuais podem se inscrever para o prêmio.

Os Rory Peck Awards, organizados pela Fundação Rory Peck, descreve-se como o único prêmio que visa homenagear cinegrafistas freelance. A Fundaçāo Rory Peck foi criada em 1995, dois anos após o cinegrafista Rory Peck ter sido morto durante filmagens em Moscou.

Há três prêmios: notícias, reportagens, Prêmio Sony de Impacto Professional e o Prêmio Martin Adler para um jornalista freelancer ou produtor local.

Em todas as categorias, a competição reconhece a qualidade das filmagens, mas também leva em conta esforço individual, iniciativa e capacidade jornalística.

Os trabalhos devem ter sido transmitidos entre 1º de julho de 2019 e 31 de julho de 2020 em uma emissora de TV, agência ou site de notícias.

As inscrições vão até 3 de agosto.

Infos: https://tinyurl.com/y7r7goc3

Concurso financia documentário em áudio

Produtores de áudio podem participar deste concurso.

O The Whickers está aceitando propostas de um documentário de rádio ou áudio original para o Radio & Audio Funding Award.

O vencedor receberá EUR6.000 (US$7.419) e orientação para produzir um programa de duração longa. Quatro finalistas também receberão EUR1.000 (US$1.236).

O concurso é aberto a candidatos de qualquer lugar do mundo, mas o programa resultante deve ser em inglês.

As inscrições vão até 31 de julho.

Infos: https://tinyurl.com/yccmlpbp

Bolsa leva jornalistas a redações nos Estados Unidos

Jornalistas de países em desenvolvimento podem se inscrever em um programa anual que leva jornalistas para redações americanas.

As Bolsas Alfred Friendly Press visam proporcionar aos participantes experiência em reportagem, redação e edição que irá melhorar seu desempenho profissional; transferir conhecimentos adquiridos durante o programa para os colegas em casa; e promover os laços entre jornalistas nos Estados Unidos e em outros países.

O próximo programa vai começar em meados de março e termina no início de setembro de 2021. A bolsa começa com uma orientação de duas semanas na Faculdade de Jornalismo da Universidade do Missouri. Em seguida, os participantes passam o restante da temporada em redações líderes nos Estados Unidos.

Os bolsistas recebem viagem, seguro de saúde e despesas básicas.

Os candidatos devem ter pelo menos três anos de experiência profissional, emprego em tempo integral como jornalista, ter entre 25 e 35 anos de idade e um bom nível de inglês falado e escrito.

As inscrições vão até 31 de agosto.

Infos: https://tinyurl.com/ycrt5wvo

Cursos sobre verificação e conteúdo durante pandemia

Jornalistas que reportam a pandemia do COVID-19 podem acessar este curso on-line.

A Fundação Thomson lançou mais dois cursos, além do curso “Reportagem sobre COVID-19: Segurança”. Os cursos estão disponíveis em espanhol, árabe, francês, ucraniano e russo.

“Reporting on COVID-19: Verification”, criado com apoio do First Draft,  apresenta técnicas e ferramentas para ajudar a identificar informações falsas e publicar contas verificadas.

“Covering COVID-19 – Content Creation” visa ajudar jornalistas a enfrentar os desafios éticos e práticos necessários para cobrir a pandemia, incluindo a terminologia. O curso foi criado em colaboração com a International Federation of Journalists (IFJ), Dart Centre Europe, Ethical Journalism Network e Free Press Unlimited (FPU).

Ambos os cursos são autodirigidos e podem ser realizados a qualquer momento.

A inscrição é gratuita.

Infos: https://tinyurl.com/y7s4lsdr

Festival audiovisual abre inscrições

Documentaristas e estudantes de mídias audiovisuais podem participar deste festival.

O 15º Fest Aruanda do Audiovisual Brasileiro será realizado de 3 a 10 de dezembro em João Pessoa, na Paraíba. A realização é da rede Cinépolis (Manaíra Shopping), com patrocínio da Energisa/Usina Cultural e outros.

A competição está aberta a longas e curtas (de até 15 minutos) de todo Brasil, além de produções da TV Universitária, nas áreas de: reportagem, interprograma, documentário, programa de TV e interprograma de animação/videografismo.

Os trabalhos devem ter sido concluídos entre junho de 2019 e agosto de 2020.

Os vencedores receberão o Troféu Aruanda.

As inscrições vão até 11 de agosto.

Infos: https://www.festaruanda.com.br/

Curso gratuito online para Jornalistas

Jornalistas e outros interessados em acessar informações públicas podem participar deste curso online.

O Painel Jornalismo de Dados oferece um curso de Lei de Acesso à Informação, com foco nos municípios, a partir de 7 de julho.

Os participantes vão aprender o que é a LAI, como solicitar informações públicas e como verificar se a lei está sendo cumprida na sua cidade.

Com carga horária de 2 a 4 horas, o curso estará disponível através da plataforma Moodle.

As inscrições são gratuitas.

Infos: https://tinyurl.com/y6wsu7ts

Bolsa de mestrado no Brasil

Rio de Janeiro

Fundação Konrad Adenauer Brasil

Atenção a todas e todos que querem concorrer a uma bolsa de mestrado da KAS no Brasil!

Em consideração às dificuldades eventuais pela situação com a pandemia, decidimos ampliar o prazo de inscrição até 21 de junho de 2020!

Os documentos a enviar para a inscrição são o formulário (preenchido em inglês), CV/Lattes, carta de motivação, carta de recomendação de professor/a, diploma de graduação, comprovante de matrícula no mestrado e o pré-projeto da sua pesquisa.

A presente bolsa da KAS Brasil para estudos no Brasil tem como objetivos:

– Fortalecer o conhecimento nas áreas temáticas de interesse da KAS no País;

– Fomentar a formação de jovens que possam contribuir significativamente para a pesquisa científica no Brasil;

– Contribuir para o fortalecimento da cooperação acadêmica de qualidade entre o Brasil e a Alemanha;

– Apoiar a formação de futuras lideranças acadêmicas e/ou profissionais no Brasil;

Confira o edital e o formulário de candidatura (shorturl.at/DQZ58) para maiores informações e aplicação à bolsa!

Não perca a chance e venha fazer parte de uma rede de especialistas brasileiros da KAS!

Informe-se e inscreva-se escrevendo a  adenauer-brasil@kas.de

Bolsa de trabalho para Jornalistas

Jornalistas que estão interessados em feminismo e justiça social podem se inscrever para uma bolsa virtual de três meses.

Bitch Media, uma organização de mídia feminista sem fins lucrativos, lançou um programa de bolsas.

O programa consiste em bolsas de redação intensiva, cujo objetivo é desenvolver, apoiar e amplificar vozes emergentes diversas na mídia feminista, ativista e cultura pop.

Áreas possíveis incluem políticas sexuais, criticismo da cultura pop, tecnologia e feminismo global. Os participantes selecionados devem produzir um mínimo de seis artigos online em sua área de tópico, além de pelo menos um artigo longo para a revista Bitch: Feminist Response to Pop Culture.

Os bolsistas receberão US$2.000 pela duração total do programa. Não é necessário cidadania americana ou ser residente nos Estados Unidos.

As inscrições vão até 30 de junho.

Infos: https://tinyurl.com/yas8gw6s

Bolsas disponíveis para estudos de mídia na Alemanha

Jovens profissionais de países em desenvolvimento podem solicitar uma bolsa para estudar na Alemanha.

O Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD, em alemão) apoia estudos de pós-graduação e treinamento em uma variedade de assuntos, incluindo estudos de mídia.

As instituições que oferecem estudos de mídia incluem a Universidade Leipzig, Universidade Bauhaus Weimar e Universidade de Ciências Aplicadas de Colônia.

Os candidatos devem ter completado seu diploma universitário nos últimos seis anos e ter pelo menos dois anos de experiência profissional relacionada.

O prazo varia por universidade.

Infos: https://tinyurl.com/yd7qdlpn

Concurso busca matérias sobre visão de um mundo pós-pandemia

Criadores de mídia imersivas estão convidados a compartilhar sua visão de um mundo pós-pandemia que atenda aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

O MY World 360°, um projeto liderado pela Campanha de Ação dos ODS da ONU, Digital Promise e Oculus,  busca histórias de pessoas que fazem a diferença diante da COVID-19 e visões criativas para um mundo melhor.

As matérias podem combinar qualquer tipo de combinação de mídia: do papel e caneta à gravação de áudio, realidade aumentada, realidade virtual ou design 3D.

As histórias selecionadas serão compartilhadas como parte da Seleção do MY World 360° e exibidas como parte dos eventos e campanhas das Nações Unidas.

Os participantes se conectarão com outros criadores do MY World 360º de todo o mundo, desenvolverão suas habilidades e terão acesso a oportunidades de orientação e compartilhamento.

As inscrições vão até 31 de agosto.

Infos: https://tinyurl.com/ydalj4fe

Projeto aceita propostas de pautas de Jornalistas ambientais

Jornalistas ambientais podem se inscrever para esta oportunidade paga.

O Oxygen Project está selecionando propostas para histórias sobre a mineração no fundo do mar, uma questão oceânica emergente.

As propostas possíveis incluem notícias convencionais, matérias profundas, reportagens investigativas, perfis, estudos de caso ou artigos de opinião.

Os artigos devem ter entre 800 e 2.000 palavras e incluir declarações de pelo menos duas ou três fontes originais.

As inscrições serão aceitas em inglês ou espanhol.

As pautas serão consideradas continuamente até 1º de dezembro ou até o orçamento terminar.

Infos: https://tinyurl.com/ya2t85wa

Concurso com vagas para Comunicadores em MG

Câmara de Manhuaçu (MG) lança concurso com vagas para Operador de Áudio e Vídeo e Assessoria de Comunicação

Vagas: Operador de Áudio e Vídeo e Assessoria de Comunicação

Remuneração: R$ 2.028,09 e R$ 2.600,29

Inscrição: 23 de junho a 23 de julho de 2020

Taxa:  R$ 75 e R$ 90

Quando: 23 de agosto de 2020

Edital: https://tinyurl.com/yb8t5n5f

Artistas contra #Infodemia convida projetos

Jornalistas visuais podem enviar trabalhos sobre as principais mensagens de saúde pública em resposta à pandemia de COVID-19.

O CatchLight, Dysturb e The Everyday Projectss estão aceitando produções de arte visual e storytelling como parte da iniciativa Artists Against an #Infodemic [Artistas contra uma #Infodemia].

A colaboração visa melhorar a comunicação pública e a divulgação de notícias em torno da COVID-19, principalmente em comunidades menos favorecidas.

As inscrições serão aceitas em inglês, espanhol e francês. Os criadores dos visuais selecionados receberão US$500 e seu trabalho será apresentado na campanha global da iniciativa.

As inscrições serão analisadas continuamente.

Infos: https://tinyurl.com/y9moe34k

Lives semanais de Comunicação

Qualquer pessoa pode assistir a estes eventos gratuitos.

A Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom) promove a série Lives Cátedra Intercom, com discussões nas terças e quintas a partir das 18 horas (horário de Brasília) entre 5 de maio e 7 de julho.

A iniciativa pretende oferecer um espaço de aprendizado e diálogo para pesquisadores, estudantes e profissionais da comunicação durante a pandemia.

A partir do tema “Um mundo e muitas vozes: da utopia à distopia?”, as discussões focarão em questões como “Fake news, mídias sociais e religiões”, “O rádio na crise da COVID-19”, “A (re)invenção do telejornalismo em tempos de pandemia” e mais.

Quem se inscrever e participar de no mínimo 14 lives receberá certificado.

As inscrições são gratuitas. As lives também estão disponíveis nos canais oficiais da Intercom no Facebook, Instagram e YouTube.

Infos: https://tinyurl.com/y9phh7xl

Curso online e gratuito do Google

Introdução ao machine learning é o nome do curso online e gratuito

Iniciativa do Google voltada a jornalistas de todo o mundo está disponível em 17 idiomas, incluindo o português

Além do recém-lançado Introdução ao Machine Learning, o Google News Initiative tem outros cursos online e gratuitos. Em comunicado à imprensa, a própria empresa destaca quatro:

Jornalismo de Dados

Reportagem Investigativa

Publicação e Monetização

Jornalismo Ambiental

Serviço

Curso para jornalistas Introdução ao Machine Learning

Online

Investimento?

Nenhum – 100% online

Como participar?

A lista completa dos treinamentos está disponível no site do Google News Initiative.

Inscrições disponíveis na página do Google News Initiative: https://tinyurl.com/y989pjfb

Google lança treinamento para jornalistas

Qualquer pessoa pode acessar este curso online gratuito disponível em 17 idiomas, incluindo português.

A Google News Initiative oferece o curso “Introdução ao machine learning”, coproduzido pela Journalism AI na London School of Economics and Political Sciences em colaboração com a VRT News.

O curso é dividido em oito lições cobrindo o potencial do aprendizado de máquina para jornalistas. O tempo estimado para concluir o curso é de 54 minutos.

Outros cursos do Google focam em tópicos como fundamentos para repórteres digitais, storytelling com o Google Earth, jornalismo ambiental, verificação, proteção e segurança, storytelling multimídia, jornalismo de dados, reportagem investigativa, publicação e monetização.

Os cursos podem ser realizados a qualquer hora.

Infos: https://tinyurl.com/y989pjfb

Treinamento online gratuito de Jornalismo

Qualquer pessoa pode acessar este treinamento online gratuito.

A Escola de Jornalismo da Énois desenvolveu módulos de treinamento de jornalismo como parte de sua Caixa de Ferramentas.

A Caixa de Ferramenta é organizada em curso introdutório, técnicas jornalísticas e técnicas de grupo. Todas as atividades podem ser realizados ao longo de um ano.

Os materiais foram originalmente destinados a instituições ou equipes educadoras que queiram criar um projeto jornalístico para jovens de culturas e territórios periféricos.

Não é necessário inscrição. Todo material está disponível online.

Infos: https://tinyurl.com/yakdl3hc

Prêmio para Jornalistas de todo o Brasil

Jornalistas de todo o Brasil podem competir por este prêmio que promove a segurança hídrica, gestão e uso sustentável dos recursos hídricos.

A Agência Nacional de Águas recebe inscrições para o Prêmio ANA em várias categorias, incluindo comunicação.

Podem concorrer reportagens e conteúdos veiculados ou publicados por veículos de comunicação em plataformas analógicas e digitais, como jornais, revistas, portais jornalísticos, TV e rádio, entre 1° de julho de 2017 e 31 de julho de 2020.

Os vencedores receberão o troféu Prêmio ANA.

As inscrições vão até 31 de julho.

Infos: https://tinyurl.com/yd2zw4ea

Bolsa de jornalismo  em Universidade americana

Jornalistas com pelo menos cinco anos de experiência podem se candidatar a um programa de três meses em Nova York.

O McGraw Center for Business Journalism na Faculdade de Pós-Graduação de Jornalismo da City University de Nova York organiza um programa de bolsas para apoiar a cobertura detalhada sobre negócios e economia global.

A bolsa oferece suporte editorial e financeiro para jornalistas que precisam de tempo e recursos para se dedicarem a matérias complexas e demoradas.

O programa aceita candidaturas para reportagens de texto, vídeo e áudio. Os bolsistas receberão US$5.000 por mês, durante três meses.

Jornalistas independentes, bem como repórteres e editores que trabalham em organizações de notícias, podem se inscrever. Jornalistas internacionais também são elegíveis desde que a reportagem seja concluída em inglês e direcionada a um veículo de comunicação americano.

As inscrições vão até 10 de julho.

Infos: https://tinyurl.com/y6cy5ufx

Bolsas de projetos de jovens fotojornalistas

Estudantes de período integral de fotografia e fotógrafos com menos de 24 anos podem concorrer a uma bolsa.

A bolsa Ian Parry busca ajudar jovens fotógrafos documentaristas a realizar um projeto e aumentar sua visibilidade na comunidade internacional de fotografia. O prêmio leva o nome do fotógrafo Ian Parry, que morreu em missão na Romênia aos 24 anos de idade.

O concurso deste ano conta com dois prêmios: o prêmio de realização e o prêmio para potencial. Cada vencedor receberá US$3.500, equipamento Canon de fotografia e mais.

A World Press Photo nomeia automaticamente o vencedor do prêmio de realização para a Joop Swart Masterclass em Amsterdam. O vencedor do prêmio para potencial receberá um ano de orientação de um fotojornalista veterano.

As inscrições vão até 5 de julho.

Infos: https://tinyurl.com/ybe2rs56

Prêmio Semear Internacional de Jornalismo

Jornalistas no Maranhão, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Bahia, Paraíba, Ceará, Piauí, Sergipe, Minas Gerais e Espírito Santo podem concorrer a este prêmio.

O Semear Internacional organiza o Prêmio Semear Internacional de Jornalismo para prestigiar reportagens sobre práticas rurais desenvolvidas pelos projetos apoiados pelo Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA) no Brasil.

As categorias são imprensa, televisão, rádio e internet. Os primeiro e segundo colocados de cada categoria receberão R$12.500 e R$5.000, respectivamente.

As reportagens devem ter sido veiculadas entre 15 de janeiro de 2020 e 30 de junho de 2020.

As inscrições vão até 15 de julho.

Infos: https://tinyurl.com/qqwa5qy

Festival do Minuto oferece curso de vídeo online

Qualquer pessoa pode acessar este curso online gratuito em português.

O Festival do Minuto apresenta uma série de módulos sobre noções básicas de audiovisual com foco no Formato Minuto.

O curso é dividido em vários em vídeos curtos, incluindo introdução e exercícios baseados nos vídeos minutos do Festival. Os instrutores são o criador e curador do Festival do Minuto, Marcelo Masagão e pela educadora e cineasta Moira Toledo.

Não é necessário inscrição. Todos os vídeos estão disponíveis a qualquer hora no canal de YouTube do Festival do Minuto: https://tinyurl.com/whgc24b

Fundo convida pautas sobre COVID-19

Jornalistas que querem cobrir o pandemia de coronavírus em suas comunidades podem concorrer a este fundo.

A National Geographic lançou o Fundo de Emergência COVID-19 para Jornalistas.

O fundo varia de US$1.000 a US$8.000 para cobertura local da preparação, resposta e impacto da pandemia global de coronavírus.

As propostas devem enfatizar a entrega de notícias a populações carentes, principalmente quando há escassez de informações baseadas em evidências para aqueles que mais precisam. Há um interesse grande em modelos de distribuição local e até hiper-local.

As inscrições serão analisadas de forma contínua. Todos os materiais devem estar em inglês.

Infos: https://tinyurl.com/tye2nl4

Subsídio para reportagem sobre coronavírus

Jornalistas podem enviar propostas  de abordagens inovadoras para reportar sobre a crise do novo coronavírus.

O Centro Pulitzer lançou o Desafio de Colaboração Jornalística sobre Coronavírus.

As propostas devem envolver um esforço estratégico e orquestrado de vários jornalistas e/ou redações para realizaer um projeto de reportagem conjunto, aproveitando os recursos, experiência e plataformas de publicação.

A iniciativa de reportagem está especialmente interessada em propostas que se concentrem em questões sistêmicas e pouco reportadas subjacentes à crise do coronavírus, usem abordagens orientadas por dados e/ou interdisciplinares para reportagem sobre o coronavírus e promovem a prestação e contas dos poderosos.

Os beneficiários receberão entre US$5.000 e US$30.000.

As inscrições estão abertas e serão consideradas por ordem de chegada.

Infos: https://tinyurl.com/s89cppj

Bolsa para Jornalistas produzirem matéria sobre crises

Elegibilidade: as bolsas de Persephone Miel estão abertas a todos os jornalistas, escritores, fotógrafos, produtores de rádio ou cineastas, jornalistas de pessoal, freelancers e profissionais de mídia fora dos EUA que estão buscando relatórios de seu país de origem. As mulheres jornalistas e jornalistas de países em desenvolvimento são fortemente encorajados a candidatar-se. Os candidatos devem ser proficientes em inglês.

O Centro Pulitzer sobre Relatórios de Crise fornecerá uma concessão de viagem de US $ 5000 para um projeto de relatório sobre temas e regiões de importância global, com ênfase em questões que não foram relatadas ou subestimadas na mídia convencional.

Infos: https://goo.gl/GGc4PC

Curso de inglês para jornalistas

Qualquer um pode participar deste curso gratuito em seu próprio ritmo.

A Universidade da Califórnia, em Berkeley, oferece o MOOC (Curso Online Massivo e Aberto) “English for Journalists, part 2” através da plataforma edX. O curso é dividido em duas sessões de cinco semanas. A segunda sessão está disponível agora.

O curso foi desenvolvido pelo Departamento de Estado dos EUA e por outras organizações para falantes de inglês não-nativos que estão interessados em desenvolver as habilidades necessárias para o jornalismo. Os alunos devem dedicar de 3 a 4 horas por semana ao treinamento.

Entre os tópicos estão como melhorar o seu vocabulário e gramática inglesa para escrever matérias mais eficazes; como comunicar de forma mais eficaz com os outros em entrevistas e reportagens; e aprender diferentes estilos de escrita de notícias, incluindo humor, satírico, esportes e transmissão; e mais.

As inscrições estão abertas.

Para mais informações: https://www.edx.org/course/english-for-journalists-part-2-0

Cursos online grátis de idiomas em Cambridge

A Universidade Cambridge, da Inglaterra, oferece cursos online grátis de idiomas. Atualmente, as aulas gratuitas disponibilizadas são de alemão e mandarim.

Para começar, o interessado deve se cadastrar na plataforma de ensino Alison. Os cursos são livre, então o período de conclusão depende da disponibilidade de cada aluno. Os cursos são gratuitos, a única taxa que será cobrada é se houver a necessidade de um certificado.

Na língua germânica é possível cursar o básico, com noções da pronuncia do alfabeto e das palavras completas, números e saudações. Além disso, existem quatro tipos de aulas voltadas para conversação, nas quais os interessados aprendem a descrever sua família, profissão, marcar compromissos, entre outros temas.

Já nos cursos de língua chinesa, além dos mesmos temas abordados em alemão, existe um curso de primeiro contato com a língua e outras divisões para os de conversação – como usar meios de transportes, o que fazer no tempo livre e como reservar um hotel ou sair para um restaurante estão entre as opções.

Ao todo, são cinco cursos de alemão e sete de mandarim. É necessário, porém, ter conhecimento prévio em inglês, já que o site está todo nesta língua. Confira mais detalhes sobre os cursos em https://goo.gl/wS5XS7

Curso foca em projetos audiovisuais

Profissionais audiovisuais podem assistir a este curso online gratuito.

A ANCINE, em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), oferece o curso “Concepção de projetos audiovisuais e fontes de financiamento” através da plataforma Escola Virtual do Governo.

O curso é dividido em três módulos: visão geral do fomento, como estruturar o plano de financiamento do projeto e como apresentar um projeto na ANCINE.

Os participantes vão aprender sobre a concepção de projetos audiovisuais e fontes de financiamento.

A carga horária é de 20 horas. O curso deve ser concluído no prazo de 30 dias.

Infos: https://tinyurl.com/vh9wbph

9 cursos gratuitos online de francês

Sites, cursos online, canais no YouTube e aplicativos que auxiliam quem quer iniciar ou aprofundar seus conhecimentos na língua falada por mais de 270 milhões de pessoas:

Bonjour de France

Testes, exercícios e jogos para aprender francês, além de fichas pedagógicas preparadas por professores especializados.

Canal UniFrancês

Brasileiro que se mudou para a Bélgica ainda criança e criou o canal UniFrancês no YouTube, por onde ensina vocabulário, pronúncia e gramática. Conta com mais de 70 mil inscritos e vídeos separados por playlists.

Babbel

O aplicativo disponibiliza aulas para iniciantes e avançados, além de cursos para aprimorar os conhecimentos, vocabulário e gramática. Você pode salvar o progresso de cada lição para recomeçar de onde parou. Disponível para Android e iOS.

Memrise

O acesso à plataforma é feito por meio de um cadastro bem simples. Os módulos são criados por uma comunidade de usuários que oferecem focos diversos. como Francês para Brasileiros, Vocabulário Necessário, Preposições e Conjunções.

FrancêsZero

O site disponibiliza conteúdo gratuito em forma de podcasts, exercícios, música e módulos do básico ao intermediário.

BBC Languages French

O site disponibiliza exercícios, jogos, áudios, vídeos e outros materiais que compõem o curso online gratuito. Mas, trata-se de um site britânico, logo, você vai precisar de alguma familiaridade com o inglês.

Os franceses tomam banho!

Vídeos reunindos no Curso Básico de Francês no qual o aluno tem acesso a dicas e curiosidades sobre a cultura francesa.

Universidade do Texas

Mais um para você treinar o inglês enquanto aprende francês! A Texas University oferece, por meio da plataforma Alison, cursos online gratuitos para quem quer usar o idioma em diversas situações, como moda, restaurantes, trabalho e em casa.

Podcast Français Facile

Diálogos, textos, gramática, fonética e jogos, tudo isso é disponibilizado pelo site de forma inteiramente gratuita. O usuário tem acesso a vídeos e áudios em MP3 sobre temas variados que possibilitam o treino e memorização do idioma. Além disso, você pode praticar o conteúdo baixando os exercícios em PDF.

Fundo para Jornalistas independentes e documentaristas

Jornalistas independentes e documentaristas que focam em violações dos direitos humanos podem solicitar apoio financeiro.

O Forum Freelance Fund oferece a Bolsa Portenier de Direitos Humanos, patrocinada pela cineasta Giselle Portenier. Os candidatos devem demonstrar um claro interesse ou histórico em lançar luz sobre os abusos dos direitos humanos e planejar uma próxima tarefa ou projeto com um foco em direitos humanos.

O prêmio está aberto a freelancers em todo o mundo, experientes ou iniciantes. O vencedor receberá até CAD3.000 (US$2.335) para treinamento de segurança em ambientes perigosos do AKE, Columbia Journalism School, Centurion, 1st Options Security, Global Journalist Security, Pilgrims Group, Remote Trauma, Tundra Group ou TYR Solutions.

Mais informações: http://bit.ly/1XkF70q

MIS abre inscrições para cursos de fotografia e audiovisual

O Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo, está com inscrições abertas para mais de 15 cursos, com preços a partir de R$ 50, que serão realizados no primeiro semestre de 2020.

Entre as opções oferecidas estão aulas teóricas e práticas, de curta e média duração, sobre cinema, fotografia, história da arte, áudio, vídeo e novas mídias. Para complementar, o museu contará com exposições sobre grandes diretores do cinema mundial, como Federico Fellini e David Lynch.

No site da instituição é possível verificar a lista completa: https://www.mis-sp.org.br/cursos

Programa de comunicação busca mentores e redatores

Jornalistas ambientais iniciantes e experientes podem participar deste programa.

Ensia, uma revista sem fins lucrativos que se concentra nos desafios ambientais e soluções para um público global, está aceitando candidatos para o Programa Ensia de Mentoria.

O programa oferece a jornalistas a oportunidade de criar um artigo, vídeo, galeria de imagens, infografia ou outro trabalho sob a orientação de um comunicador experiente sobre um tema de sua escolha para a Ensia.

A matéria original deve estar em inglês, mas a Ensia aceita artigos publicados em outros idiomas se o jornalista quiser traduzi-lo.

Redatores e mentores recebem US$600 e US$400, respectivamente, por artigo.

As inscrições são aceitas de forma contínua.

Mais informações: https://goo.gl/3YJbv6