Mestrado de jornalismo na China

Jornalistas em todo o mundo que falam inglês podem se candidatar a este programa na China.

A Faculdade de Jornalismo e Comunicação na Universidade Tsinghua oferece um mestrado em jornalismo global de negócios destinado a levar jornalistas de negócios a padrões superiores de reportagem.

O programa de dois anos, uma parceria entre a Tsinghua, o Centro Internacional para Jornalistas (ICFJ, em inglês) e a Bloomberg News, é conduzido inteiramente em inglês. Metade dos alunos são chineses e a outra metade, internacional. Há um número limitado de bolsas disponíveis.

Ministrado por um corpo docente internacional, o currículo abrange temas essenciais para os jornalistas de negócios, incluindo a mineração de dados e reportagem multimídia de economia.

Um número limitado de bolsas de estudo está disponível para os melhores candidatos. Os interessados em se candidatar a uma bolsa de estudos são incentivados a se inscrever logo.

O prazo para a primeira rodada de inscrições termina em 15 de janeiro de 2019. O prazo para a segunda rodada vai até 20 de março de 2019.

Infos: https://goo.gl/NYg5NH

Jornalista – CE

Sobral

O Centro Universitário Inta (UNINTA) informa a abertura de uma (01) vaga para Bacharel em Jornalismo para compor o corpo administrativo da instituição.

Requisitos para lotação da vaga:

– Ser formado em Jornalismo;

– Ter boa escrita;

– Experiência em assessoria de imprensa e comunicação;

– Criatividade e pró-atividade.

Atividades a desempenhar:

– Produção de textos jornalísticos;

– Cobertura e assessoria de eventos;

– Assessoria de imprensa (criação de releases e contato direto com a imprensa).

Para a lotação da vaga, o profissional deve enviar currículo e portfólio para o e-mail curriculos@uninta.edu.br

Jornalista – SP

  • Auxiliar de comunicação
  • Início Imediato
  • Assessoria de imprensa
  • Comunicação coorporativa
  • Proativo, organizado e criativo




Redator – MG

Belo Horizonte

Redator Publicitário Web (Copywriter)

Atribuições do cargo:

Você ama escrever? Quer usar seu talento para criar textos e e-mails que geram resultados? Então vem com a gente! Como Redator Copywriter, você irá atuar no planejamento e execução da comunicação de marketing com prospectos e potenciais clientes, utilizando estratégias de Inbound Marketing e Marketing Digital. Irá, por exemplo, ser responsável pela redação de emails e seu envio, em campanhas individuais (broadcast) e automáticas (funis de email marketing), além de auxiliar na criação de roteiros, scripts e textos para outros conteúdos como vídeos e ebooks, que serão desenvolvidos junto com o time! Só vem!

Escolaridade: Ensino Superior completo

Experiências:

– Ensino superior completo em Comunicação e Sociais Aplicadas (como Marketing, Publicidade e Propaganda, Comunicação, Jornalismo, Relações Públicas e afins).

– Experiência comprovada em funções relacionadas à Marketing Digital e/ou Marketing de Conteúdo na internet e/ou Redação Publicitária.

– Noções dos princípios do Copywriting.

– Noções em Webwriting (produção de conteúdo para web).

– Excelente redação e domínio do português.

Salário, benefícios e observação:

Salário: R$2000,00

Tipo de Contrato: CLT (Efetivo)

Benefícios: Vale Transporte, Vale Refeição, Assistência Médica

Enviar currículo para o e-mail: vaga.qg7592d@vmg.recrutasimples.com  colocando no assunto  Redator Publicitário Web (Copywriter)

Concurso de reportagens sobre corrupção

Repórteres da imprensa escrita, jornalistas cidadãos e blogueiros que descobriram casos de suborno podem concorrer a um prêmio.

A TRACE International, uma organização anti-suborno sem fins lucrativos, lançou um prêmio para reportagem investigativa que se concentra em descobrir suborno comercial com o objetivo de avançar a transparência na comunidade empresarial.

Os trabalhos devem ter publicados na impressa ou online em 2018 e podem abranger violações da lei, bem como atividades que criam conflitos significativos de interesse e má conduta relacionada.

Até dois vencedores serão selecionados para receber US$10.000 cada, além de uma viagem para receber o prêmio em uma conferência organizada pela TRACE Internacional em meados de 2019.

O prazo de inscrição vai até 31 de janeiro de 2019.

Infos: http://www.traceinternational.org/

Bolsa de estudo para Jornalistas

Jornalistas profissionais e estudantes de jornalismo podem concorrer a uma bolsa de estudo.

A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP, em espanhol) oferece bolsas a jovens latino-americanos e caribenhos que queiram estudar nos Estados Unidos ou Canadá, e bolsas para americanos e canadenses que queiram estudar em um país latino-americano ou caribenho.

Os candidatos devem ser jornalistas ou estudantes de último ano de jornalismo, ter entre 21 e 35 anos e falar o idioma do país onde desejam estudar. Antes de começar o ano da bolsa, os candidatos devem ter concluído seu curso universitário.

A bolsa é de US$20.000.

As inscrições vão até 31 de janeiro de 2019.

Infos: https://goo.gl/7N5pXq

Prêmio Inep de Jornalismo

Jornalistas profissionais podem concorrer a este prêmio.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) organiza o Prêmio Inep de Jornalismo.

O objetivo da competição é estimular, divulgar, apoiar, incentivar e prestigiar trabalhos jornalísticos sobre educação, especialmente relacionados a avaliações e estatísticas educacionais.

O prêmio é dividido em duas categorias: avaliações e estatísticas da educação básica, e avaliações estatísticas da educação superior.

Os trabalhos devem ter sido veiculados pela imprensa brasileira entre 14 de novembro de 2017 e 19 de novembro de 2018 em jornal, revista, rádio, televisão, portal, site e blog.

O valor total do prêmio é de R$136.000, com prêmios de R$12.000 e  R$20.000.

As inscrições vão até 19 de novembro.

Para mais informações: https://goo.gl/ji1UX8

Mídias Sociais – SP

  • Social media
  • Criação de posts das redes sociais;
  • Elaboração de planos de comunicação
  • Superior  em:  Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Marketing




Comunicação – SP

  • Freela
  • Redator Publicitário
  • Conteúdo para Social Media
  • Formado em Publicidade, Jornalismo ou relacionados
  • Revisão de texto;
  • Planejamento e criação de conteúdo




Comunicação – SP

  • Redator Publicitário
  • Conteúdo para Social Media
  • Formado em Publicidade, Jornalismo ou relacionados
  • Revisão de texto;
  • Planejamento e criação de conteúdo




Bolsa de jornalismo em Universidade americana

Jornalistas com pelo menos cinco anos de experiência podem se candidatar a um programa de três meses em Nova York.

O McGraw Center for Business Journalism na Faculdade de Pós-Graduação de Jornalismo da City University de Nova York organiza um programa de bolsas para apoiar a cobertura detalhada sobre negócios e economia global. A bolsa oferece suporte editorial e financeiro para jornalistas que precisam de tempo e recursos para se dedicarem a matérias complexas e demoradas.

O programa aceita candidaturas para reportagens de texto, vídeo e áudio. Os bolsistas receberão US$5.000 por mês, durante três meses.

Jornalistas independentes, bem como repórteres e editores que trabalham em organizações de notícias, podem se inscrever. Jornalistas internacionais também são elegíveis desde que a reportagem seja concluída em inglês e direcionada a um veículo de comunicação americano.

O prazo de inscrição vai até 14 de dezembro.

Para mais informações: http://www.mcgrawcenter.org/?p=96

Curso online sobre inteligência artificial e seu impacto no jornalismo

Curso online sobre inteligência artificial e seu impacto no jornalismo oferecido em português

Jornalistas e outros interessados em saber mais sobre inteligência artificial e sua relação com a mídia podem se inscrever neste curso online em português.

O Centro Knight para o Jornalismo nas Américas, em parceria com a Microsoft, organiza o Curso Online Massivo Aberto  (MOOC, em inglês) “Como cobrir IA e entender seu impacto no jornalismo” de 19 de novembro a 16 de dezembro.

Os participantes vão explorar o que é a inteligência artificial, que problemas tenta resolver, suas técnicas e ferramentas, quais são suas principais aplicações e questões éticas.

O instrutor é Guilherme Jardim Duarte, editor de dados no Jota.

As inscrições estão abertas e são gratuitas.

Para mais informações: https://goo.gl/27nnsZ

Bolsas de jornalismo nos EUA

Jornalistas de economia em todo o mundo com pelo menos quatro anos de experiência podem se candidatar a uma bolsa de estudos em Nova York.

A Faculdade de Pós-Graduação de Jornalismo da Universidade de Columbia está aceitando inscrições para a sua bolsa Knight-Bagehot em Jornalismo Econômico e de Negócios, que visa melhorar a compreensão dos jornalistas de negócios, economia e finanças.

Os bolsistas irão fazer cursos em jornalismo, direito empresarial, e assuntos internacionais na universidade; participar de seminários fechados e reuniões de jantar com executivos, economistas e acadêmicos; e assistir a palestras e visitar empresas jornalísticas e instituições financeiras sediadas em Nova York.

O programa, que dura o o ano acadêmico da Columbia de agosto a maio, aceita até 10 bolsistas por ano. Os bolsistas recebem ensino gratuito, uma ajuda de custo para compensar as despesas e habitação no campus.

As inscrições vão até 31 de janeiro de 2019.

Para mais informações: https://journalism.columbia.edu/node/328

Prêmio brasileiro para reportagens

Reportagens sobre educação básica e o ensino superior no Brasil podem concorrer a um prêmio.

Oferecido pela Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), o Prêmio Andifes de Jornalismo tem o objetivo de estimular profissionais da mídia a produzir reportagens sobre educação, ressaltando a relevância deste setor para o país.

As reportagens ou série de reportagens devem ter sido publicadas em 2017 em jornais, revistas, TV e sites jornalísticos. As categorias são ensino superior e educação básica.

Os vencedores de cada categoria ganharão duas passagens aéreas de ida e volta para qualquer capital brasileira.

As inscrições vão até 14 de dezembro.

Para mais informações: http://www.andifes.org.br/?p=59532

Comunicação – SP

  • Assistente
  • Atendimento
  • Diversos segmentos
  • Formado(a) em publicidade, jornalismo ou relações públicas
  • Domínio do Pacote Office




Comunicação ou Marketing – RS

  • Assistente
  • Marketing Digital
  • Planejar, criar e monitorar estratégias
  • Conteúdo para redes sociais
  • Graduação na área de marketing, publicidade, jornalismo ou relações públicas
  • Conhecimento de estratégias




Redator – SC

Formação: Jornalismo / Publicidade

Conhecimentos necessários: Língua portuguesa (nova ortografia)

Função:

Elaboração de texto publicitário, jornalístico e endomarketing.

Elaboração de textos e conteúdo para os meios de comunicação da empresa: instagram, facebook, e-mails, revistas, roteiros de vídeos, informativos, etc.

Atuar também na produção de conteúdo e relacionamento nos meios de respostas do site, blogs,fale conosco, entre outros.

Elaborar o planejamento criativo e conceito de projetos e campanhas juntamente com a equipe.

Ser responsável por revisões ortográficas para a liberação de conteúdos.

Diferencial:

*conhecimentos em assessoria de imprensa.

*conhecimento em inglês /escrita e leitura

Interessados enviar currículo para recrutamento@essentia.com.br

Fundo para projetos de jornalismo

Jornalistas interessados em fazer reportagens sobre as florestas tropicais podem se candidatar a este subsídio.

O Centro Pulitzer lançou o Rainforest Journalism Fund.

O fundo visa apoiar projetos de jornalismo sobre os seguintes temas: o papel das florestas tropicais na situação climática mundial e nos padrões metereológicos globais, regionais e locais, com as consequentes impactos na vida humana e condições de vida, provocados pelo desmatamento; os fatores de estímulo ao desmatamento; e soluções para frear o desmatamento.

Jornalistas baseados em países da região amazônica que reportam para mídias locais e regionais, em inglês, português ou espanhol, podem concorrer aqui. Os candidatos selecionados receberão US$2.500 a US$7.500.

Os jornalistas de língua inglesa que trabalham para grandes meios de comunicação podem se candidatar aqui. Os candidatos selecionados receberão entre US$5.000 e US$15.000.

As propostas serão aceitas continuamente.

Para mais informações: https://pulitzercenter.org/node/25096

Fundo de jornalismo apoia investigação

Jornalistas investigativos e de dados, especialmente aqueles que reportam em países em desenvolvimento, podem solicitar uma bolsa de reportagem.

A Water Integrity Network lançou o Fundo WIN de Jornalismo para apoiar pesquisas jornalísticas sobre os impactos da corrupção no setor de recursos hídricos e seus subsetores.

O financiamento varia de EUR2.000 (US$2.306) a EUR12.000 (US$13.838) e pode ser usado para cobrir viagens e despesas técnicas, mas não pode ser usado para a compra de equipamento.

Os candidatos devem ser jornalistas credenciados com pelo menos cinco anos de experiência e um histórico de publicações anteriores.

As inscrições vão até 20 de novembro.

Para mais informações: https://goo.gl/QJxN4e