Prêmio Roche de jornalismo

Jornalistas brasileiros podem participar deste concurso.

Para reconhecer o talento e compromisso social de jornalistas latino-americanos, os Laboratórios Roche – América Latina, em colaboração com o Secretariado Técnico da Fundación Gabriel García Márquez para el Nuevo Periodismo Iberoamericano (FNPI), lançam a sexta edição do Prêmio Roche de Jornalismo de Saúde.

Os trabalhos devem ter sido publicados em 2017 nas categorias rádio e internet.

Jornalistas ou equipes de jornalistas podem enviar inscrições que se concentram em um dos seis temas principais: inovação em saúde, biotecnologia em saúde, acesso a cuidados de saúde, investigação e desenvolvimento nos temas de saúde, regulamentação e políticas públicas de saúde, e oncologia.

Os vencedores receberão uma bolsa para participar de um workshop da FNPI de sua escolha, ou poderão optar por participar do Festival do Prêmio Gabriel García Márquez de jornalismo, em Medellín, na Colômbia.

As inscrições vão até 4 de abril de 2018.

Para mais informação: https://goo.gl/7Z4pqQ

Freelancer de reportagem

Jornalistas interessados em cobrir questões de segurança alimentar podem enviar propostas de pauta.

Malnutrition Deeply, a nova plataforma do News Deeply sobre desnutrição em escala global, está à procura de colaboradores freelancers.

O site está aceitando reportagens que revelam um aspecto pouco explorado da desnutrição ou se concentram em abordagens inovadoras para enfrentar a desnutrição ou doenças associadas.

As matérias devem ser em inglês e ter entre 800 a 1.000 palavras. As reportagens serão remuneradas.

Para obter mais informações, entre em contato com Andrew Green, editor-chefe, pelo email andrew@newsdeeply.com

Jornalista – MG

  • Experiência em televisão ou jornais impressos
  • Com registro profissional
  • Pacote Office
  • Boa comunicação verbal e escrita




Bolsa de reportagem nos EUA

Jornalistas que vivem fora dos Estados Unidos podem se candidatar a uma bolsa.

O World Press Institute (WPI) oferece um programa para jornalistas experientes que desejam melhorar sua compreensão do jornalismo americano.

O programa tem como objetivo expor os participantes para as condições de trabalho na mídia nos Estados Unidos. Eles devem informar sobre uma variedade de questões sociais para ver como as instituições americanas respondem a diferentes preocupações sociais.

A bolsa 2018 vai de meados de agosto até meados de outubro. Os participantes vão passar três semanas em Minnesota, viajar por várias cidades nos Estados Unidos, incluindo Washington e Nova York, e depois voltar a Minnesota para a última semana do programa.

Os candidatos devem demonstrar potencial de liderança, ter cinco anos de experiência de jornalismo em tempo integral e fluência em inglês. Freelancers também podem se inscrever.

As candidaturas vāo até 16 de fevereiro de 2018.

Para mais informações: https://goo.gl/ju8dcM

Fundos disponíveis para reportagem

Jornalistas em início de carreira que querem se concentrar em uma história que revela verdades sobre a condição humana podem concorrer a apoio em dinheiro.

O Arthur L. Carter Journalism Institute da Universidade de Nova York convida inscrições para o Prêmio de Reportagem Literária Matthew Power, em homenagem ao jornalista que reportava sobre a condição humana e morreu em missão em Uganda em março de 2014.

O vencedor receberá US$12.500, terá um documento de identificação da Universidade de Nova York e privilégios de pesquisa e referência online e presenciais completos da biblioteca, bem como um escritório na universidade (a não ser que não haja espaço).

O segundo colocado receberá US$2.500.

O prazo de inscrição vai até 20 de fevereiro de 2018.

Para mais informações: https://goo.gl/6V28CF

Evento convida sugestões de Jornalistas

Abraji busca pautas e palestrantes para conferência anual

Jornalistas interessados em reportagens investigativas podem participar da programação deste evento.

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) convida sugestões para o 13º Congresso da Abraji, programado para 28 a 30 de junho de 2018 em São Paulo.

Os interessados podem sugerir um tipo de painel, título e a si mesmos ou outras pessoas como palestrantes ou moderadores.

As inscrições vão até 28 de fevereiro de 2018.

Para mais informações: https://goo.gl/M2YoRX

Bolsa para Jornalistas na Harvard

Jornalistas com pelo menos cinco anos de experiência que querem estudar e pesquisar política pública nos Estados Unidos estão convidados a concorrer à bolsa em Cambridge, Massachusetts.

A Kennedy School of Government da Universidade de Harvard convida inscrições para a bolsa do Joan Shorenstein Center.Os bolsistas fazem um semestre de residência no programa e recebem US$30.000 pagos em quatro parcelas ao longo do semestre. As despesas de viagem não são cobertas pelo centro.

A bolsa fornece escritório, computador, impressora e telefone. Para se inscrever, envie uma carta, um formulário de inscrição preenchido, uma proposta de projeto de pesquisa, currículo e recomendações.

Os candidatos devem ser jornalistas, acadêmicos ou formuladores de políticas ativos na imprensa, política e políticas públicas. Fluência em inglês é necessário.

As inscrições vão até 1° de fevereiro de 2018.

Para mais informação: https://goo.gl/aQtBHg

Bolsa de reportagem no Haiti

Jornalistas de 25 a 39 anos podem se candidatar a uma viagem de reportagem ao Haiti.

O Instituto Político para la Libertad (IPL) e o National Endowment for Democracy (NED)  lançaram o programa “Reportando do Haiti”, que visa levar a realidade haitiana a outros países da região.

Dois jornalistas viajarão para o Haiti em abril de 2018. Durante duas semanas, eles documentarão e informarão sobre a situação dos jovens e o papel desempenhado pelas mulheres no país do Caribe. Uma vez completada a viagem, os jornalistas prepararão pelo menos um artigo de opinião e uma matéria de reportagem em qualquer formato.

Os candidatos devem ter experiência em escrever artigos de opinião e/ou reportagens.

As inscrições vão até 28 de fevereiro de 2018.

Para mais informações: https://goo.gl/ckDqtc

Treinamento internacional para Jornalistas

Jornalistas com conhecimentos de inglês, alemão e outros idiomas podem se inscrever para o programa.

A DW Akademie está aceitando inscrições para o seu estágio de 18 meses. O programa oferece uma combinação de estudo acadêmico e aprendizagem prática.

Os candidatos selecionados passam os primeiros seis meses participando seminários de teoria e prática. Nos próximos nove meses, eles trabalham em vários departamentos editoriais da Deutsche Welle em Bonn, Berlim, e um dos escritórios da organização no exterior, em Bruxelas, Washington e Moscou. Os trainees passam mais um mês na Deutschlandradio.

Os estagiários ganham um salário inicial de EUR1.590 (US$1.885) por mês e recebem dois aumentos ao longo do programa. Eles também recebem um mês de férias.

Os candidatos devem ter proficiência profissional em inglês ou alemão. Jornalistas que são falantes nativos de outra língua que faz parte dos serviços linguísticos da DW – especialmente árabe, chinês, farsi, francês, russo ou espanhol – são encorajados a se inscrever.

As inscrições vão até 29 de janeiro de 2018.

Para mais informações: https://goo.gl/wXpSox

Prêmio de jornalismo ibero-americano

Jornalistas de economia podem concorrer ao Prêmio de Jornalismo Econômico Ibero-Americano.

Organizado pela IE Business School, o prêmio visa reconhecer os melhores trabalhos jornalísticos publicados na mídia (jornais, revistas, blogs, sites, rádio ou televisão) que disseminam a cultura econômica na sociedade. Nesta edição, será dada especial atenção às matérias sobre inovação e desenvolvimento.

Os trabalhos devem ter sido publicados em 2017 em espanhol ou português por um veículo de mídia baseado na América Latina.

O primeiro prêmio para o melhor trabalho jornalístico publicado em jornais e para o melhor trabalho jornalístico na imprensa não diária consistem em US$4.000 cada. Também serão entregues menções honrosas.

Os trabalhos devem ser enviados até 30 de janeiro de 2018.

Para mais informações: https://goo.gl/7ocrbT

Bolsas de mestrado em jornalismo em Nova York

Jornalistas com pelo menos dois anos de experiência e fluência em inglês e outra língua podem se candidatar a este programa de estudo em Nova York.

O Arthur L. Carter Journalism Institute na Universidade de Nova York (NYU, em inglês) convida inscrições para o World Journalist Fellowship.

O programa de estudo fornece bolsas de estudo a jornalistas internacionais para dois semestres em um dos mestrados da faculdade de jornalismo, além de uma ajuda de US$13.000.

Os bolsistas podem escolher uma de nove concentrações: reportagem econômica e de negócios; reportagem cultural e crítica; estudos globais e programas conjuntos; reportagem literária; redação de revista; notícias e documentários; reportagem sobre New York e o país; reportagem de ciência, saúde e ambiental; e studio 20.

Os candidatos também devem preencher o requerimento para o programa de pós-graduação de sua escolha. O GRE e TOEFL são testes necessários de admissão à NYU. Os interessados têm até 24 de janeiro de 2018 para enviar o resultado dos testes.

As inscrições vão até 4 de janeiro de 2018.

Para obter mais informações: https://goo.gl/EcqwgN

Comunicação – PR

Apex Comunicação Estratégica seleciona profissionais para posição de Gerente de Projetos/Atendimento para trabalho em Curitiba.

Atividades: Gestão dos projetos da agência com atenção a prazos e entregas; Relacionamento interno e externo; Constante foco em melhoria de processos e qualidade. Conhecimento geral sobre marketing de conteúdo, mídia digital e produção gráfica é um bônus.

Requisitos: Formação em Jornalismo, PP ou RP; Experiência em gestão de contas.

Interessados enviem currículo par thiago@apexagencia.com.br

Programa acelerador de vídeo

Jornalistas e produtores com pouca experiência sem vídeo de 360 ° e abordar temas relacionados às mudanças climáticas podem se inscrever para este programa.

O European Forest Institute e a Global Editors Network estão lançando o Lookout360°, um projeto de seis meses de aceleração de reportagens imersivas sobre mudanças climáticas de seis meses que ajuda jornalistas produzirem vídeos imersivos sobre mudanças climáticas e a vida das pessoas.

Um total de 10 candidatos serão selecionados para participar de um bootcamp sobre storytelling de mudanças climáticas, bem como filmagem e pós-produção na Finlândia. Após o bootcamp, os participantes receberão orientação para desenvolver uma matéria em três meses.

Os projetos finais serão exibidos na GEN Summit a ser realizada de 30 de maio ao 1º de junho de 2018 em Lisboa, Portugal.

As inscrições vão até 18 de dezembro.

Para mais informações: https://goo.gl/crV3cj

Prêmio Nippon de Jornalismo

Jornalistas em Minas Gerais estão convidados a enviar matérias sobre a história do encontro dos japoneses com os brasileiros a este concurso.

O 1º Prêmio Nippon de Jornalismo, lançado pela 22 Graus Comunicação e Marketing Ltda, visa destacar trabalhos jornalísticos sobre os 60 anos do acordo Lanari-horikoshi e a importância da atividade da Nippon Steel & Sumitomo Metal na vida econômica, política, social e cultural de Minas Gerais.

As matérias deve ter sido publicadas entre 1° de janeiro de 2017 e 19 de janeiro de 2018.

O vencedor ganhará uma viagem ao Japão, com direito a um acompanhante.

As inscrições vão até 19 de janeiro de 2018.

Para mais informações: https://goo.gl/coqPbv

Jornalista – GO

Empresa: TV Goiânia

Editor de texto

Superior em Jornalismo

Registro profissional regulamentado – DRT

Experiência na função

Salário compatível com mercado

Custeio parcial de convênio médico/odontológico

Vale alimentação

Seguro de vida

CV para rh@tvgoiania.com.br

Colocar título da vaga no assunto do email

Bolsas de jornalismo na Alemanha

Jornalistas da Europa e Estados Unidos podem se candidatar a este programa em Berlim.

O Centro Internacional de Jornalismo na  Freie Universität em Berlim oferece dois tipos de bolsas de jornalismo, com início em outubro de 2018 a julho de 2019.

O Programa Europeu de Jornalismo permite que os participantes se ausentem por dois semestres de seus cargos profissionais e passem um ano sabático na Freie Universität em Berlim, ampliando seus conhecimentos ao desenvolver um projeto de pesquisa.

A Bolsa EJO permite que um jornalista se torne um correspondente temporário do Observatório Europeu do Jornalismo (EJO, em inglês). O bolsista recebe um salário mensal de EUR1.100 durante os 10 meses do programa.

As candidaturas devem ser em alemão ou em inglês.

As inscrições vão até 28 de fevereiro de 2018.

Para mais informações: https://goo.gl/eaEm2